Resenha - Quando Você Voltar - F.P. Rozante



Como começar a falar de um livro, uma personagem, que me identifiquei tanto? Não com a história em si, mas os sentimentos e atitudes? É com o coração na garganta que terminei esse livro. 


Título: Quando Você Voltar
Autora: F.P. Rozante
Formato: Digital
Páginas: 245
✰✰✰




Sinopse: Separados pela guerra. O medo da perda, a ausência e a saudade se tornam suas companheiras. Cartas amenizam a dor enquanto garantem que tudo está bem. E quando elas deixarem de chegar?
Caroline está sozinha no mundo, a única família que restou foi seu amado amigo Nick, que escolheu o Exército como profissão. Sua salvação é sua amiga Adriana que, com muito humor e carinho, sempre se preocupa em não deixá-la cair. Nick jurou proteger e cuidar de Caroline quando ela perdeu tudo, ainda no Ensino Médio. Sua amizade e cartas são o que o mantém vivo em meio ao desespero da guerra. Mas quando sua vida é colocada em xeque em meio a uma emboscada, da qual ele saiu vivo, ele descobre que há algo além da amizade. Poderá Nick e Caroline superar seus demônios, seus medos e se entregarem ao verdadeiro amor?
Enquanto isso, Adriana, a melhor amiga de Carol, após sofrer uma desilusão amorosa, jurou nunca mais se entregar a um homem novamente. Mas o que ela não contava era com o inesperado.
Já Heitor, o amigo de Nick, não quer mais vivenciar os horrores da guerra e está em busca de um recomeço, mas ele não contava ver seu mundo completamente abalado por uma japinha desaforada. Poderá Heitor quebrar as barreiras de Adriana? Poderá Adriana aceitar Heitor com toda sua bagagem?


Falar de algo que mexeu tanto com você é muito difícil, colocar em palavras sentimentos que são tão parecidos com o que você sente quase diariamente é quase impossível, definir atitudes, nossa, trabalho árduo. Por isso demorei tanto a escrever essa resenha e espero que fique boa, vou abrir meu coração.

A história gira em torno, principalmente de Carol e Nick. Eles são amigos de infância e se apoiam em tudo, o ponto alto dessa amizade foi quando Caroline se viu sozinha, após perder os pais “tomou” o amigo como seu porto seguro. Ele por sua vez decidiu proteger aquela menina que tanto lhe encantava. Eles foram crescendo, a amizade amadurecendo, mas o destino resolve brincar com os dois, colocando-os a prova. Nick, após se alistar no exército vai para guerra, e para matar as saudades que sentem um do outro, eles se comunicam por cartas. Descrevem seus dias, sentimentos e fazem planos, para quando ele voltar. Até que elas param de chegar... Carol se vê desesperada sem notícias dele e logo pensa no pior, até que recebe uma nova carta, que faz seu coração palpitar de uma forma diferente. Insinuações e palavras de saudade a confundem e quando Nick retorna, tudo muda.

Eu nunca conseguiria ser a mesma depois de Nick. Foram anos e anos apenas tendo-o como família. Anos pensando se ele estava bem, sofrendo por saudades, desejando que ele estivesse ao meu lado, que desistisse dessa vida. E agora que ele estava aqui ao meu lado, me beijando dessa maneira, eu só conseguia pensar que jamais queria que ele partisse. Desejei ser suficiente para ele, desejei poder amá-lo por nos dois...

Em uma névoa de paixão e luxúria os amigos se veem enredados em seus desejos mais ocultos, percebem que apesar de toda a amizade o amor sempre esteve a espreita, pronto para mostrar todo seu esplendor, só esperando uma brecha.

Por outro lado tem a diversão da alegre Dri e sensualidade do controlado Heitor. Um casal adicional que faz toda a tensão da história se aliviar e nos presenteia com momentos quentes e engraçados. Dri fez toda a diferença na vida da Carol, esteve presente em seus momentos mais difíceis, ajudou a amiga superar a saudade e a colocou de pé quando caia. Mas Adriana tem toda sua carga emocional e medo de relacionamento, porém se vê rendida pelo charme dos olhos azuis mais quentes que encontrou. 

Heitor por sua vez decide que quer Adriana e luta com unhas e dentes para tê-la, mesmo com toda sua carga e sentimentos conflituosos que tinha de bagagem da guerra ele é insistente em sua resolução, fazer daquela Princesa Oriental dele. E isso o fez apaixonante a meu ver!!!!!

Aprendi que a intensidade da vida está em menos de um segundo, você tem o agora e é só isso, porque tudo após esse segundo é incerto, é mistério. (...) Adriana, quando eu te conheci, você me trouxe esperança, alegria e um alívio para minha alma escura...

Mas nem tudo são flores, apesar de seu amor por Carol, mesmo ele insistindo em negar a si mesmo e a ela. Nick tem uma missão a cumprir. E fica a pergunta: O amor é capaz de superar a saudade e distância? 

Eu nunca vou te esquecer, eu vou te amar todos os dias, vou lembrar de você a cada respiração. (...) Você precisa confiar em mim, precisa confiar que eu vou voltar...

Preciso dizer que eu chorei de soluçar em muitas partes, em suas entregas e dificuldades. Identifiquei-me tanto com a personagem que me sentia em seu lugar. Suas atitudes e impulsividade me faziam querer sacudi-la o que me fez rever muitas de minhas ações. Além de um tempo maravilhoso de entretenimento, Quando você voltar me ensinou muito. 

A escrita da autora é maravilhosa, fiquei admirada com esse novo lado dela e quero mais livros gostosos de ler assim. Biia consegue misturar erotismo, amizade, amor e paixão tão bem que você se envolve completamente na história. 

Eu indico todas as obras dessa menina mulher que soube contar uma história de amor e superação com tanta delicadeza e paixão. E é isso que faz a diferença em tudo que fazemos na vida: Amor. 

Para comprar o e-book Clique Aqui.
Espero que tenham gostado da resenha, e até a próxima.
Beijinhos! 


CONVERSATION

3 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhhhh já comprei o meu e estou louca para ler! Sucesso meninas! Bjão o blog tá lindoooooo!

    ResponderExcluir
  2. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.... Que lindo. Nossa, Gisele Souza você me deixou sem palavras. Completamente rendida. Estou em lágrimas, mas são lágrimas de pura felicidade e emoção. Em meio a tanta luta e momentos difíceis saber que meu bebê tocou você, que de alguma forma ele te emocionou me deixou nas nuvens. Só posso dizer muito obrigada mesmo, de todo meu coração por suas palavras. Elas me trouxeram esperança e renovaram minhas forças para continuar lutando e escrevendo.

    ResponderExcluir
  3. Eu amooo essa história! Tenho carinho mais que especial e com certeza é uma das minhas preferidas!

    ResponderExcluir

Back
to top