RESENHA: Para Sir Phillip, Com Amor - Julia Quinn / @Editora Arqueiro


Literatura Estrangeira / Romance / Ficção
Classificação:4/5
Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.  

UMA HISTÓRIA SOBRE A CONSTRUÇÃO DO AMOR

Para Sir Phillip, com amor, é o quinto volume da série Os Bridgertons, e é protagonizado por Eloise, a irmã de número cinco dessa família tão maravilhosa.

Confesso, pela primeira vez ao terminar de ler um livro dessa série, fiquei com um gostinho de quero mais. Talvez porque tenha depositado muitas expectativas sobre ele. Quando li a sinopse eu imaginei um enredo com cartas fofas, declarações emocionantes, e um primeiro encontro apaixonado e então... fui surpreendida. Não me condenem por favor. (risos).

Eloise aproveita uma festa, onde todos os Bridgertons estão distraídos para fugir e ir ao encontro do viúvo (ex-marido de uma prima) com quem vem trocando cartas há algum tempo, após um pedido diferente e ousado.

O que trás o primeiro diferencial desse volume, o enredo se desenrola longe dos irmãos barulhentos e a agitação dessa família. Com um cenário totalmente novo e mais tranquilo. Deixando a história mais leve e focada principalmente no casal protagonista.

Como o próprio nome do livro já sugere Eloise vai ao encontro de Sir Phillip, um viúvo com quem troca cartas. Sir Phillip é o oposto dos mocinhos com os quais estamos habituados, o oposto do que Eloise espera encontrar. O homem é rústico, introspectivo, e com sérios problemas de relacionamento (Praticamente um repelente humano, risos), fato esse justificado por seus mistérios e o peso que ele carrega sobre os ombros, desvendados ao longo da história. Ele também possui uma relação complicada com os dois filhos, que em minha opinião foi o ponto mais sensível da história. O que não é novidade já que Julia Quinn possui uma facilidade imensa em expressar sentimentos e emoções.


Eloise por sua vez, segue sendo minha Bridgertons preferida. Sua personalidade, seu jeito extrovertido, tagarela e a forma de pensar e levar a vida são a leveza da história. Como sorri com suas traquinagens, nesse volume nos mostra seu lado mais moleca, mas também revela seu lado mais mulher. Ela ensina com amor, não desiste, e vai à luta.

Eloise adorava o sorriso dele, meio torto,meio infantil, com um toque de surpresa,como se não pudesse acreditar em sua própria felicidade.

Julia Quinn inovou, o enredo é diferente e você se envolve e se apaixona. Phillip e Eloise nos trazem uma nova forma de aprender a amar. Senti ao ler esse romance a construção de um amor mais real, mais maduro, sem toda aquela fantasia dos casais perfeitos e “contos de fadas” dos livros anteriores, mas não pense que isso deixa a história menos bela. Um livro para ser apreciado lentamente, lido com tranquilidade e coração aberto.

— Sou muito afortunado — disse ele, enquanto lhe acariciava o lado, o abdomem e as costas. — Acredito que estive toda a vida esperando-a. — Eu sei que esperava a você — disse ela.


Leiam a história, ela é linda e de alguma forma vai te conquistar.

Os Segredos de Colin Bridgerton, segue sendo minha história preferida até o momento, mas ainda teremos mais três livros pela frente (Adoro).


 Skoob  Compre 


Até a próxima! Bye.







CONVERSATION

3 comentários:

  1. Ahhh eu fiquei com gostinho de quero mais, mas me deixou louca pelo livro da Francesca! PRECISO! Tomara que a editora não demore muito!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do Livro, mas não muito dos personagens. Não achei que o casal tinha muita liga, enfim mas é JQ e ela é ótima. Quero muito o da Francesca também.
    Meu preferido até agora é o Visconde que amei, amo o Anthony, inclusive nesse livro minha passagem preferida é a que ele conversa com a Eloise.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Eu também senti aquela química intensa dos outros casais. Meu preferido é o do Colin <3

      Excluir

Back
to top