[RESENHA] A Lista - Cecelia Ahern / Editora Novo Conceito

27 maio 2015


Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente. Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira. Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.
 Skoob  Compre 

[PARCERIA] Autora Caterine Santos

26 maio 2015


Olá!

E as novidades maravilhosas só aumentam. O blog está em festa, agora temos como parceira essa autora tão especial e doce Caterine Santos, seja muito bem-vinda.

Caterine Santos, 27 anos, discreta, chocólatra e leitora compulsiva por romance. Escrever livros nunca esteve em seus planos, porém numa manhã acordou com ideia de uma história, assim surgiu o livro Simplesmente Você, que para a sua surpresa obteve mais de 2,5 milhões de leituras no Wattpad e será publicado pela Editora Bezz. Criar histórias se tornou sua paixão, tanto que atualmente está escrevendo o seu segundo livro, intitulado Sem Querer.

Siga a autora nas redes sociais e fique por dentro de todas as suas novidades:  Perfil Facebook ღ Grupo no Facebook ღ Twitter ღ Wattpad ou envie um e-mail para: caterinesantosescritora@gmail.com

CONHEÇA SUAS OBRAS

[RESENHA] Momentos - Gisele Souza

25 maio 2015


CLASSIFICAÇÃO: 5/5
Sinopse: Joana viveu sua vida cercada de momentos - bons, ruins, alegres e tristes. Momentos estes que mudaram sua vida completamente. Quando conheceu Bernardo e André, viu naqueles dois garotos uma linda amizade. Os três se tornaram inseparáveis. Até que, por uma brincadeira do destino, tudo passou a ser sombrio. Depois de anos vivendo cercada de culpa e tristeza, uma chance lhe é dada. Só que nem tudo é como gostaríamos que fosse. A vida muitas vezes nos prega peças e somos desviados de nosso caminho. Momentos plenos de felicidade se tornam apenas lembranças. O amor pode ser incondicional até que ponto? 

 Skoob ✿ Compre 


O VALOR DE UM MOMENTO ESTÁ NA INTENSIDADE COM A QUAL O VIVEMOS



Existe algo na escrita da autora Gisele Souza que a torna única. Talvez seja, a forma como a qual ela conduz sua escrita, a maneira simples como ela desenvolve seus enredos e cria personagens tão marcantes e intensos na medida certa. É impossível não se emocionar, refletir ou extrair algum aprendizado de tudo quanto ela tem a nos passar. E ao ler MOMENTOS, eu pude não apenas desfrutar dessa singularidade de sua escrita, como também pude me surpreender e ficar completamente rendida a esse novo lado da autora que nos apresenta uma escrita mais madura, dramática e envolvente.



Momentos é uma história com emoções reais, um livro que retrata acima de tudo a importância da superação e recomeços. Falar desse livro é muito complicado, pois qualquer detalhe exposto poderia gerar um spoiler e tirar de vocês o prazer de descobrir através de cada novo capítulo o que essa obra tem a oferecer. Então se você assim como eu, ama uma história doce de amor, dosada com a intensidade do drama, sem medo de cair em lágrimas, Momentos é uma leitura obrigatória.



Toda forma de amor vale a pena. Antes ter amado e perdido do que nunca ter amado...

Joana, Bernardo e André, se conhecem ao acaso e se tornam melhores amigos. Eles são a fortaleza um do outro, uma especiei de porto seguro. Conforme os anos vão se passando essa amizade vai apenas se fortalecendo, mas o que não poderia acontecer, acontece... Amizade vira amor e nos encontramos em meio a um triangulo, onde todos estão dispostos a abrir mão da própria felicidade, para fazer o outro feliz. Até que o inesperado acontece...

E se o que os une, pode ser exatamente o que os separa?

[RESENHA] Dois Pesos, Duas Medidas - Judith McNaught / @Bertrand Brasil

19 maio 2015


Sinopse: Dois Pesos, Duas Medidas - Nick, o bonito e inteligente presidente da Global Industries, conduz seus negócios do mesmo modo que trata suas mulheres: com charme, ousadia e pulso firme. Ao contratar Lauren Danner, ele, que sempre esteve no controle das situações e conseguiu todas as mulheres que desejou, vê-se perdidamente apaixonado por sua nova e difícil funcionária. O que Nick não imagina é que Lauren esconde um segredo, que, se vier à tona, transformará sua vida para sempre. Presa nessa teia de falsidades, Lauren luta para não perder Nick, homem por quem ela está apaixonada, e que lhe prometeu uma vida de amor e devoção.
 Skoob  ♥  Compre 

COMO NÃO SE APAIXONAR?

Quem me conhece sabe o quanto sou apaixonada pela escrita da autora Judith McNaught, mas até então eu só havia lido seus romances históricos. Entretanto, quando me  deparei com essa obra fiquei assim, sorrindo feito uma boba apaixonada.

Dois Pesos, Duas Medidas, é um romance rápido, leve e muito divertido. Como não poderia faltar na escrita da autora, há aquele toque de drama, mas algo leve e envolvente. Os diálogos são apaixonantes e espirituosos. A trama é clichê? Sim, aquele tema batido chefe/secretária, ele bilionário e poderoso, ela virgem mas e dai? Eu amo livros assim. E de verdade, assim de todo coração, você precisa ler esse livro, ele é fofo, emocionante e lindo.

Nick Sinclair é encantador, no melhor estilo solteirão convicto, sexy, poderoso e sofrido. Um homem que trabalhou com afinco para conseguir tudo o que possui e fazer da sua empresa um sucesso. Nick usa as mulheres apenas para satisfação pessoal e quando precisa sabe ser arrogante e usar do seu poder e riqueza para conseguir exatamente o que deseja.

Lauren Danner, é uma personagem muito marcante, aos 23 anos de idade ela se vê obrigada a procurar por um emprego que pague bem o suficiente para ajudar a pagar as despesas médicas de seu pai. Uma jovem inteligente, espirituosa, forte, de personalidade e muita determinação. Apesar de ser inocente no quesito amor, em nada ela fica para trás quando o assunto é lidar com situações "musculosas, altas e morenas".

- Que me acontece se esta sandália se encaixar?
- Eu o transformo num belo sapo – ela disse, irônica.

[LANÇAMENTOS DE JUNHO] Editora Novo Conceito

12 maio 2015


Olá.

A Editora Novo Conceito vem chegando com tudo, e mostrando que não há tempo para se perder quando o assunto são livros.

Venha conferir os LANÇAMENTOS de junho da editora e já reserve um espaço em suas estantes. É muito livro bom, minha gente.



LANÇAMENTOS DE MAIO

09 maio 2015


Olá...

Tudo bem com vocês???

Hoje viemos aqui apresentar a vocês alguns dos lançamentos que irão abalar nosso mês de maio.

Venha conferir.


EDITORA ROCCO



EDITORA NOVO CONCEITO



EDITORA SUMA



EDITORA INTRÍNSECA

[RESENHA] Por que Eu? - Sinélia Peixoto / @Chiado Editora

04 maio 2015


Classificação: 5/5
Sinopse: Elizabeth é uma mulher de 28 anos, de Brasília, que decide começar o ano de 2013 de forma diferente. Estagnada? Podemos dizer que sim. Sem perspectiva de mudanças? Também! Ela busca algo melhor para si, por isso vai a Porto Seguro passar o reveillon com as amigas para encerrar uma fase de sua vida e dar início à outra, mais adulta e com muitos desafios. Lá, ela conhece Antônio, uma advogado também de Brasília. Eles curtem juntos e quando voltam a Brasília começam um romance. Elizabeth está se descobrindo. Ela pede demissão de seu emprego e começa se dedicando aos cursinhos para concurso. Antônio já é estável e independente. Quem é ela? Ela se pergunta e comparada a ele, ela se acha um Zé Ninguém. Ela se sente perdida em meio à tudo que tem que aprender e descobrir sozinha. Ela é uma pessoa honesta e sincera consigo mesma; luta para se analisar e se entender sempre; ele quer ajudá-la profissionalmente. Ele quer mais! Ela luta contra ele, tenta não se entregar, luta para ser honesta consigo mesma e aprender mais sobre si mesma sempre. Eles se casam, apesar de Elizabeth colocar empecilhos e juntos têm dois filhos. O primeiro livro desta trilogia é sobre esse primeiro momento, no qual os dois estão se descobrindo, ela buscando se profissionalizar, ele aprendendo com ela a se abrir mais, se conhecer, a filosofar, a analisar sua vida, seus pensamentos e a ser honesto consigo mesmo. Os dois buscando um relacionamento cada dia melhor, aprendendo sobre o casamento e também buscando o que os satisfaça sexualmente. Eles se dedicam muito à vida sexual do casal, aprendem sobre o corpo do outro, sobre os gostos do outro; se conhecem e melhoram juntos, com carinho, dedicação e atenção. É um livro no qual Elizabeth discute muito consigo mesma, tenta entender suas neuroses, tenta se descobrir sexualmente e descobrir como é o casamento, a gravidez, a vida a dois e sua luta por melhoria profissional. Com um final muito triste e cheio de esperanças para o próximo livro.
 Skoob  Fanpage  Livraria daTravessa 

Por que Eu? É um livro surpreendente.

Elizabeth é uma personagem única, acho que nunca li nada como ela. Ao mesmo tempo em que é segura, decidida, independente e dona da situação, ela é toda confusa, cheia de momentos de reflexão, neuras e insegurança. A verdadeira confusão em forma de mulher (risos).

A heroína de hoje é aquela que batalha e não tem medo de ficar sozinha e conquistar tudo com ou sem seu homem...

Mas então, me dei conta de que a personagem é exatamente como toda mulher moderna, ela está diante de um conflito interno, tentando buscar respostas, encontrar o melhor caminho a seguir, tomar decisões. Se questionando sobre tudo, tentando se entender, compreender o que a sociedade espera: Largar o emprego e tentar um concurso? Arrumar um namorado? Devo me casar? É errado querer ser independente? Devo me submeter?

Durante a leitura, fui sugada para dentro da mente e da vida da protagonista, acompanhando ela a cada nova decisão, passo ou escolha. Foi realmente como estar presente, vivenciando cada dia ao seu lado. As conversas com as amigas, a descoberta de como amar, o inicio do namoro e por ai vai... A autora não poupou detalhes, as cenas são descritas com muito rigor e de maneira rica. Por essa razão é muito fácil identificar os cenários e analisar cada tema debatido.

A história não foca apenas nos conflitos dos personagens principais, a autora foi cuidadosa ao dar vida aos personagens secundários e permitir que eles tivessem participação ativa, debatendo cotidianos e problemas que eles enfrentam. Era como ler uma novela, (Bem escrita, não confunda com as novelas da Globo atuais) com muitos personagens e situações diversas, onde nos identificamos e reconhecemos nossos amigos e familiares também.

O livro trás a essência do amor. A descoberta dele, o processo verdadeiro aquele de conhecer a pessoa, a dúvida, a entrega, a conquista, vai relatando os medos, as pequenas brigas, intrigas, problemas que apenas nossas mentes criam e nos escravizam. Faz-nos questionar se existe o momento certo para cada coisa, e descobrimos que nada está sob nosso controle. O futuro pertence a Deus, ao destino ou ao que você acreditar, e independente do quanto você se esforçar, se dedicar ou tentar controlar as situações a sua volta, você não tem esse poder, se tiver que acontecer, apenas irá e você não poderá impedir.

Eu sou um homem apaixonado e apaixonados fazem amor o tempo todo, até com os olhos...

Informativo - Cartão pré-pago

03 maio 2015

Oi, genteee!!!

Domingão bombando e eu estou lendo um livro super legal no Kindle. E por esse motivo decidi fazer esse post informativo.

Muitos leitores gostariam de conhecer os livros que estão na Amazon, mas não tem a oportunidade por não possuir um cartão de crédito. Como o site não vende por boleto fica restrito. E aí entra o cartão pré-pago. Eu conheci o MEO CARTÃO por meio de uma leitora e autora que me indicou. Fiz um pra mim, outras amigas fizeram e usamos não só para comprar livros como pra qualquer compra que utilize o cartão.

É muito fácil, você recarrega pagando um boleto bancário e é só usar o cartão. Ele não é somente virtual, chega direitinho na sua casa.


Não tem segredo, mas vou deixar algumas informações que tirei do site. 

Sobre o MEO CARTÃO DINHEIRO:
MEO CARTÃO DINHEIRO É UM CARTÃO PRÉ-PAGO, RECARREGÁVEL, FEITO ESPECIALMENTE PARA VOCÊ QUE QUER PRATICIDADE, SEGURANÇA E CONTROLE, SEM PRECISAR TER CONTA EM BANCO, SEM PAGAR JUROS, SEM DÍVIDA E SEM SURPRESAS.

É MUITO SIMPLES CARREGAR (E RECARREGAR) O MEO CARTÃO DINHEIRO!
Por boleto bancário
Preencha o boleto exclusivo do seu cartão com o valor que você quiser carregar *. O crédito estará disponível na sua conta cartão em até 48h úteis. O boleto pode ser pago via internet banking, caixas eletrônicos, agência bancária, casas lotéricas e correspondentes bancários autorizados para recebimento de boletos.
O boleto, que acompanha seu cartão e está disponível para impressão em sua conta, é intransferível e deve ser usado para todas as recargas. Tire cópias do mesmo antes de usá-lo pela primeira vez ou imprima um novo acessando Minha Conta.
Quando você adquirir um cartão ele virá sempre acompanhado de um boleto bancário. 

Ficou interessado? Acesse o site conheça mais sobre esse cartão de crédito pré-pago.


Espero que tenham gostado do post, é uma ótima oportunidade de comprar seus e-books da Amazon, por exemplo.

Beijinhos e até mais!


AUTORAS QUE AMAMOS: Entrevista Gisele Souza

02 maio 2015


Voltamos...

E hoje é dia de conhecer uma autora mais que especial. Uma pessoa que por onda passa transborda alegria e que sempre consegue nos tocar com suas histórias. Ela é mãe, esposa, filha, amiga, escritora e blogueira, ela é nossa linda Gisele Souza.

ENTREVISTA



1 – Quem é Gisele Souza?

R: Ah, é difícil falar de mim, sou alguém tão simples que não vejo nenhuma particularidade. Mas vamos lá!

Sou uma mulher comum, dona de casa, mãe de um menino que amo demais, casada há sete anos com meu melhor amigo e companheiro.  Sonho muito, me entrego em tudo que faço. Apaixonada pela escrita, profissão e paixão que descobri há pouco tempo e que não vivo sem. Sou uma bookaholic assumida, morro de ciúmes dos meus bebês (livros). Sou teimosa, ciumenta e orgulhosa. Gosto de fazer amizades, mas a vida tem me ensinado a ser mais cautelosa, em nome da minha autopreservação. Não tenho um objetivo de vida traçado, apenas quero ser feliz com minha família, meu trabalho, viver intensamente cada dia.

2 – Durante o processo de criação/produção, qual o momento mais difícil para você?

R: Ai, o começo da história é sempre complicado. Quando tudo está tomando forma me dá muito bloqueio. Acho que dar “vida” aos personagens, é complexo, depois de uns dez capítulos que é quando o enredo começa a “pegar” aí sim flui mais rápido.

3 – Você possui algum ritual (Para antes, durante ou depois), da escrita? Se sim, qual?

R: Não tenho ritual, ouço muita música enquanto escrevo e por incrível que pareça tenho mais inspiração na parte da manhã.

4 – Escrever para você significa?

R: Realizar sonhos que nem imaginava que existiam. Ser feliz fazendo o que amo! Me apaixonar em cada nova ideia.

5 – Entre seus livros, qual foi o mais divertido, gostoso de escrever e qual foi o mais difícil, mais complicado?

R: Ah, o mais divertido foi o “Pecaminoso”. Dei muita risada com a Isabella e suas tiradas sarcásticas. Gostoso de escrever foi “Inspiração”. Acho que o primeiro é sempre assim, a história fluiu tão rapidamente, os personagens fizeram e fazem parte da minha vida, amo de paixão esse livro. Foi meu primeiro trabalho profissional e foi delicioso dar vida a Layla, Bruno e todos os lindos da série. O mais complicado acho que está empatado, fico entre “Momentos” que tem uma carga emocional muito forte e tomou muito de mim e “Deus do Rock”, por mais que o livro tenha sido “leve” por ser fantasia foi muita pesquisa, quis criar algumas coisas diferentes dos livros de deuses que tem por aí, não sei se consegui, e foi bem complicado. Eu amo cada livro que escrevo, me apaixono, me entrego. É maravilhoso!

6 – Se pudesse dar vida a um dos seus personagens, a qual daria? E por quê?

AUTORAS QUE AMAMOS: Entrevista Janice Diniz


Chegueiii...

Dá para acreditar que já estamos no final da nossa semana especial? Passou tão rápido.

E para fechar com chave de ouro e deixar aquele gostinho de quero mais, temos ela, a autora dos Cowboys mais lindos e quentes da literatura nacional. Janice Diniz.

Eu estou completamente encantada com o carinho e a gentileza com a qual essa autora me tratou, fora que a entrevistá-la foi divertidíssimo. Espero que assim como eu, vocês se apaixonem por essa mulher guerreira.


ENTREVISTA


1 – Quem é Janice Diniz? E o que ela mais ama fazer? O que a faz feliz?

R: É a minha melhor companhia kkkkk Ela ama escrever e coincidentemente é o que a faz mais feliz.

2 – Durante o processo de criação/produção, qual o momento mais difícil para você?

R: É a parte que antecede à escrita, quando as ideias estão muito soltas e vagas ainda, então eu preciso me concentrar bastante para encadeá-las no momento certo de acontecer na trama. Se eu não tiver o timing exato, perco o efeito do suspense e da importância do fato para o enredo todo, ou seja, não posso antecipar nada antes de determinado evento, tampouco estender muito a intriga ao ponto de tornar o leitor disperso, perdê-lo, e perder um leitor é ele fechar o aplicativo para fazer outra coisa que não seja continuar a ler o meu livro. A trama tem de ser construída pouco antes da sua escrita, de forma a pegar o leitor num abraço apertado sem direito a olhar para o lado, algo bem sedutor e possessivo kkkkkk

3 – Você possui algum ritual (Para antes, durante ou depois), da escrita? Se sim, qual?

R: Não tenho ritual, mas algumas manias. Por exemplo, não escrevo calçada kkkk No inverno, só de meias. Mas meus pés têm de estar fora de tênis, sapato, chinelo, ou seja, livres para voar kkkk Abro o texto e imediatamente o dicionário on-line, se estou sem internet, não escrevo. Preciso de uma segunda opinião quanto às dúvidas ortográficas e não consigo deixar para saná-las depois, na revisão, tem que ser na hora. Ouço a playlist da história, mas na maior parte das vezes estou com os fones sem música nenhuma, me envolvo tanto com a trama que não percebo que a música acabou kkkkk Outra mania doida: não falo com ninguém sobre cenas que ainda não escrevi. Fazia isso e acabava não escrevendo, a ideia perdia toda a emoção.

4 – Escrever para você significa?

R: Significa dar vida ao meu mundo interior, viver duas vezes mais que as outras pessoas que não são artistas ou leitoras.

5 – Entre seus livros, qual foi o mais divertido, gostoso de escrever e qual foi o mais difícil, mais complicado?

R: Eu me divirto escrevendo, mas também choro, em quase todos chorei em alguma parte, que vergonha kkkk Mas o que eu mais me diverti escrevendo foi Sexo com Amor. Todos os meus livros têm partes bem fáceis de escrever e outras complicadas, que me exigem mais concentração e neurônios. Mas o mais difícil foi Loucamente Teu, porque ele foi escrito ao mesmo tempo em que era postado no Wattpad, então não tive tempo para polir o texto, trabalhá-lo como gosto de fazer. Preciso de um tempo pra mim, de certa reclusão interior para escrever e, só depois, quando tudo está pronto, poder entregar ao público. No entanto, Loucamente Teu foi postado diariamente e na íntegra, o que me desgastou muito emocionalmente.

6 – Se pudesse dar vida a um dos seus personagens, a qual daria? E por quê?
© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por