Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

[RESENHA] A Escolha – Kiera Cass / Editora Seguinte




Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois que a última página for virada.
 SKOOB   COMPARE&COMPRE  AMAZON 


DEIXOU SAUDADES

Eu li muitas críticas sobre este livro, mas preciso discordar delas, A Escolha em minha humilde opinião, foi o melhor dos três livros, ele teve de tudo, ação, suspense, comédia, drama, romance e me deixou com o coração acelerado, num misto de emoções sem tamanho. Eu chorei, sorri, gritei, puxei os cabelos, entrei de luto e vibrei.

Nesse volume da série, tivemos muitas reviravoltas e acontecimentos, decisões que precisavam ser tomadas e vidas que dependiam delas. Por essa razão desde o primeiro capítulo até o último seu fôlego e tomado de você, sem dó nem piedade pela autora, a mulher foi corajosa e ousada em suas escolhas, na maneira como conduziu a história e nos personagens que escolher para nos deixar com saudades e de coração doendo.

"Comecei a fazer cara de choro.  - Não ouse - Maxon ordenou, com os dentes cerrados. - Sorria sem parar até o último segundo."

Temos ataques rebeldes ameaçando a vida das finalistas, o rei revelando sua verdadeira face e colocando as garras de fora, isso mesmo, o rei declara sua torcida CONTRA a America, a humilhando, ridicularizando e a menosprezando a cada oportunidade – gente que ódio, chega tremia de raiva – Mas se pensa que isso deixou nossa candidata à princesa abalada se engana. Um viva para uma mocinha de atitude e teimosia.

Falando nos personagens, eu realmente tive um ataque nervoso durante a leitura deste livro, como quis socar o Maxon, bater na America, trucidar o Aspen e matar o Rei. A rainha por outro lado, o mulher virtuosa, sábia, encantadora. Sim, já estou com saudades.

"Eu o amava. Era incapaz de apontar precisamente o motivo de tanta certeza, mas soube na hora, com a mesma certeza com que sabia meu nome ou a cor do céu ou qualquer coisa escrita em um livro."

America em fim se decide, ela descobre quem ama realmente e vai a luta. Gostei de ver seu amadurecimento ao longo de cada livro, a maneira como ela foi descobrindo mais sobre si mesma, quebrando os preconceitos e se libertando de uma visão pequena e se permitindo viver.

"O beijo gostaria que fosse algo que eu pudesse guardar e, ao mesmo tempo, contar para todo mundo: é isso, é assim que você fica quando se apaixona."

Apesar de amar Aspen, por suas inúmeras qualidades, Maxon faz jus ao título príncipe em cavalo branco, e por essa razão não fiquei frustrada ou chateada quando America saiu em disparada na luta por seu coração – o que todos já sabíamos que aconteceria, afinal de contas não é mistério desde o primeiro volume do livro e por suas capas.

O final em minha opinião, mesmo que tecnicamente seja clichê, me surpreendeu e muito. A maneira como a autora desenrolou a trama e fechou o enredo foi digno e me deixou com uma sensação gostosa de É ISSO AI IRMÃ. Não senti que ficaram pontas soltas, apenas queria que tivesse tido um pouquinho mais do felizes para sempre. Acreditem, nossos personagens mereciam de mais momentos felizes após o caos que se instalou no castelo.

"Amo você. Tanto que não consigo encontrar as palavras para expressar. Talvez pudesse pintar, mas a tela não caberia no envelope. Ainda assim, nunca lhe faria justiça. Meu amor por você está além da tinta, das melodias e das palavras. E espero que você o sinta sempre. Mesmo quando eu não estiver por perto para dizer. Com amor, Papai"

Uma leitura rápida, emocionante e viciante, assim como os livros anterior li em um único dia, não consegui parar enquanto não vi a palavra FIM estampada ao final da página. Uma série deliciosa e que merece ser lida. A autora focou não apenas no romance, mas nas relações familiares, laços de amizade, chamou a atenção para a desigualdade social e para muitos preconceitos.

Gente AMEI, não precisava nem dizer né? risos. Agora sigo ansiosa para ler A Herdeira.

Não poderia finalizar esta resenha, sem deixar aqui meu encanto pelas capas. Todas foram de muito bom gosto e a diagramação primorosa. O livro realmente ficou lindo.


Não conhece os livros ainda? Nada de ficar triste, ainda dá tempo. E para te deixar ainda mais animado, já temos as resenhas aqui no blog.

A Seleção - RESENHA AQUI
A Elite - RESENHA AQUI

Até a próxima! Bye. 

Image and video hosting by TinyPic

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top