[SEMANA ESPECIAL - Ímpeto] Resenha: Inspiração – Gisele Souza

17 julho 2015


Chegueiiiii

Como estamos na SEMANA ESPECIAL - Ímpeto, nada mais justo do que trazer até vocês os primórdios, os primeiros livros da Série Inspiração, para que assim, você que ainda não conhece possa conhecer, e você que já conhece possa relembrar e se apaixonar mais uma vez, além claro matar a saudade.


Sinopse: Para Layla Bonatti, não havia pessoa mais importante do que o seu irmão, Lucas. Criá-lo desde pequeno cobrou seu preço e seus próprios sonhos foram anulados, exceto um: a música, paixão que cultivava desde que era uma menina. Cantar no bar era o seu único prazer, em suas apresentações deixava transparecer todos os seus sentimentos. Desta forma, encontrou a recompensa tão sonhada: ser amada e valorizada, seus anseios mais secretos. Porém, o fantasma da perda ainda rondava o seu coração. Layla será capaz de esquecer toda a dor e finalmente abrir o seu coração para um intenso romance? 
 SKOOB ♬ FANPAGE ♬ AMAZON 

(...)Você é minha inspiração. Acho que cada um tem a sua

Inspiração é um livro intenso, forte e envolvente. É impossível lê-lo sem se emocionar e ficar com o coração acelerado. Com personagens bens construídos, um enredo arrebatador e uma trama de tirar o fôlego, somos sugados pela imperfeição perfeita de um romance, com uma pitada de drama, deslumbrante.

Todos nós sonhamos em viver um amor que seja, capaz de derrubar todas as nossas barreiras e inseguranças. Um amor que nos transporte para um universo paralelo, que devolva esperanças e que sirva como apoio e alicerce. Mas todos também sabemos que a caminhada até encontrá-lo não é fácil. E o primeiro obstáculo somos nós mesmos.

Quantos muros você tem erguido ao seu redor? O muro do medo? O muro da dúvida? O muro da auto-depreciação? O muro da culpa? O muro da insegurança? O muro da anulação? O muro do comodismo? O muro da rotina? O muro do nunca mais vou me machucar? Pois é, e não pense que com o passar dos anos e das responsabilidades esses muros vão sendo derrubados, muito pelo contrário, eles só aumentam.

Layla é uma mulher que precisou aprender a driblar as dificuldades, se esquivar das pedras e seguir em frente mesmo após sofrer grandes rasteiras da vida. Aos 27 anos, ela é uma mulher guerreira, determinada, inteligente e de personalidade forte, com a responsabilidade de criar o irmão mais novo e colocá-lo no caminho bom, oferecendo a ele o melhor na medida do possível, o amor incondicional que ela tem por ele é digno e de nos deixar com lágrimas nos olhos. E para isso ela não mede esforços, se desdobra em dois empregos e se preocupa sempre em apoiá-lo e incentivá-lo. Outra característica da personagem é que a medida que ela faz de tudo pelo irmão e pelos amigos, ela se anula. Layla mesmo sem querer se coloca em segundo plano. Ela não consegue enxergar isso, para ela tudo bem, desde que as pessoas a sua volta estejam felizes.

''Mas aí está o problema, você não acredita em si mesma. Luta por todos a sua volta, porém se acostumou demais a se anular.”

Bruno é médico, um homem devoto a sua família, lindo, responsável, com um coração generoso, mas nosso amado galã também é um tantinho arrogante e pretensioso, mas calma isso ocorre apenas no inicio, é nítido o quanto o personagem amadurece e se transforma com o desenrolar da trama.

"Eu não sou convencido, Anjo. É que os fatos não mentem, com a altura dos seus gritos de prazer dá pra saber que eu sou muito bom de cama".

Layla e Bruno tem tudo para dar certo, mas também tem tudo para dar errado. Bruno fica hipnotizado pela voz de Layla, assim que a escuta cantar no bar onde trabalha, o momento é tão intenso e devastador que ele sente, como se ela estivesse cantando apenas para ele. A atração entre eles é enérgica, alucinante, eles são sugados em direção ao outro como imãs, claro que a intensidade assusta a ambos.

''Ao seu lado me libertei e pude conhecer a mim mesma. Tive a chance de me amar. Você é minha inspiração. Acho que cada um tem a sua.''

Bruno é um mulherengo, a principio ele pensa apenas que pode ser atração esse sentimento, mas ele vai descobrindo que não, que Layla é diferente de todas as outras, que ela é especial. Layla não quer se envolver, ela não consegue se imaginar perdendo mais alguém na vida, sabe que se isso acontecer não será capaz de se levantar novamente. Mas por mais que ambos lutem contra, é impossível resistir. Sim meus caros leitores, quando o amor chega (estou falando do amor verdadeiro, daquele que pouco encontramos hoje), não se tem muito que se fazer, a não ser, se render e deixar que a vida siga seu curso.

"Eu tenho um pequeno problema. Quando quero uma mulher, eu a tenho. Não importa quanto tempo demore, e enquanto você estava naquele palco, tão linda, decidi que você ia ser minha.”

 “Querido, senta e espera.”

Inspiração sem trocadilho nenhum é um livro inspirador sobre a vida, escolhas e caminhos que se entrelaçam pelo destino. Um livro que nos mostra que sim, todos podemos ter um momento de fraqueza, que tudo bem dividir o fardo às vezes. Um livro sobre recomeços, relações familiares e claro muito amor.

Não posso deixar de falar sobre como é apaixonante ver, que as histórias dos personagens secundários não passam despercebidas. A autora tomou cuidado para deixar tudo redondinho e entrelaçado.

Uma salva de palmas para a playlist. Gente! Linda é pouco para descrever.

Então, é isso. Sem mais delongas vou me despedir por aqui. LEIAM o livro e se apaixonem, vale muito a penas mesmo.

Vemos-nos amanhã, com a resenha de IMPULSO, segundo volume da série.

P.S. Lembrando que os direitos de publicação foram adquiridos pela Editora Charme, e em breve você poderá ter está obra também no formato físico.

Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

Um comentário

  1. Aí ia Deus, como eu amei ver o livro pelo seu ponto de vista. Amiga linda, que coisa maravilhosa. Puxa, fiquei feliz demais que curtiu tanto o livro. Obrigadaaaaa
    Agora estou ansiosa pela próxima resenha

    ResponderExcluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por