Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

[SEMANA ESPECIAL - ENTREVISTA] Guardião? - Eleonor Hertzog


Chegueiii...

E dando sequencia a nossa semana especial, trago a vocês um pouquinho mais sobre a autora Eleonor Hertzog e um bate-papo maravilhoso com a mesma.

Venha conferir.



Meu nome é Eleonor Hertzog e sou gaúcha de Porto Alegre. Pediatra por formação, sou escritora de coração. Leio desde que descobri o que eram livros; não vou dizer que escrevo desde a mesma época porque eu era realmente muito pequena. Mas, desde o primeiro livro, descobri que adorava contar histórias. No começo eram as dos livros. Mais tarde, as dos livros com alguns acréscimos. E, na adolescência, começaram a pipocar personagens, lugares e situações que não vinham de livro nenhum – estavam dentro de mim. Eu cresci, meus personagens se tornaram mais complexos. Eu aprendi, eles passaram a ver o mundo de outra forma. Tive filhos, eles souberam como ser pais e mães convincentes. O enredo se tornou mais bonito e complexo e, de repente, descobri que não tinha apenas uma história dentro de mim. Tinha mundos inteiros!
 BLOG FACEBOOK 


ENTREVISTA

Obrigada por aceitar responder a esta pequena entrevista. Seja muito bem-vinda ao Blog Letras & Livros. Para nós é uma honra poder ter esta conversa com você.

1 – Quem é Eleonor Hertzog?
Sou mãe de três filhos, avó de um moleque de quase dois anos e pediatra. Trabalho em unidade de saúde e no consultório. Adoro jardinagem e bordados, mas não tenho mais tempo. Adoro gatos também, e leio ou escrevo em cada segundo de folga que aparece.

2 – Durante o processo de criação/produção, qual o momento mais difícil para você?
Resumir, cortar partes fora, evitar que qualquer conto vire um livro de duzentas páginas, colocar pontos finais...

3 – Você possui algum ritual (Para antes, durante ou depois), da escrita? Se sim, qual?
Rsrs, sem rituais! Se estou com vontade de escrever, escrevo. Se não estou com vontade de escrever, reviso, porque sempre tem pilhas de coisas aguardando para serem revisadas! E, claro, tiro os gatos que resolvem se instalar na frente do monitor, mas isso não é um ritual, é uma necessidade...

4 – Escrever para você significa?
Qualquer coisa semelhante a respirar, acho.

5 – O que te inspira? De onde vem sua fonte de criação?
Eu não sei. A inspiração sempre esteve aí. O tempo é que nem sempre está...

6 – Você acredita no apoio e crescimento da literatura nacional?
No crescimento, sim, pois temos muitos e excelentes autores. No apoio, bem... Se está se referindo aos blogs, acredito. Meus parceiros estão sempre disponíveis para o que der e vier. Se está se referindo a apoio oficial, aí já é bem mais complicado...

7 – Se Eleonor não fosse escritora, ela seria?
Pediatra, rsrs. Sou feliz. Faço o que gosto!

8– O que você quer alcançar com a escrita? Quais são suas metas, suas pretensões?
Meu sonho é, um dia, viver exclusivamente da literatura. Para um autor nacional, é uma meta muito ambiciosa!

9 – Pense e responda:
Amor: família
Paixão: escrever
Desejo: mais tempo!
Vida: família de novo
Morte: o que tem depois?
Sonho: lutando para realizar
Liberdade: existe vida sem isso?
Tristeza: corrupção
Felicidade: família pela terceira vez!
Uma Saudade: faça hoje. Não espere pela saudade!
Seu lugar favorito no mundo: minha casa.


Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top