[RESENHA] O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella / Editora Pandorga (Maratona Setembro Nacional)

14 setembro 2015




O Garoto dos Olhos Azuis - O príncipe encantado existe? / Editora Pandorga

Sinopse: Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.
  SKOOB  COMPARE&COMPRE  AMAZON 



É completamente fascinante encontrar um conto de fadas moderno, com personagens tão reais e um enredo tão viciante. O GAROTO DOS OLHOS AZUIS, me surpreendeu do principio ao fim, Raiza criou seu próprio conto de fadas, com um príncipe torto e mal-humorado e uma princesa divertida e atrapalhada, mas que juntos se tornam o encaixe perfeito. Tive meu coração arrebatado e conquistado.

Bárbara nossa mocinha é única, uma jovem que desde pequenina quando participou do primeiro casamento de sua vida é deslumbrada com a ideia de encontrar um amor como o que ela presenciou observando a maneira como o noivo olhava a noiva que caminhava em sua direção. Ao contrário dos demais convidados, naquele dia ela não observou a entrada magnífica da noiva, mas o amor incondicional do noivo que a olhava com verdadeiro fascínio e amor, enquanto pensava que ninguém prestava atenção nele. Bárbara fez disto um hábito e a cada casamento que participava, era sempre o noivo que tinha sua total atenção. Como toda garota, ela cresceu desejando encontrar seu príncipe encantado, aquele que abalaria seu mundo, que a observaria da mesma maneira que aquele noivo.

Ainda jovem, Bárbara passou por uma situação constrangedora e humilhante e naquele dia, um jovem saiu em seu socorro, o Garoto dos Olhos Azuis, ele estendeu sua mão, a ajudou e ainda deu seu primeiro beijo, Babi estava em êxtase de felicidade por acreditar ter encontrado o seu príncipe, mas o garoto dono do par de olhos mais intensos e lindos que ela já havia visto precisou sair por um instante e não voltou, desolada ela faz sua primeira fuga.

"Depois do episódio do rio, passei os seis anos seguintes sonhando acordada com o garoto dos olhos azuis todas as noites.  Ele preenchia todos os vazios da minha mente e do meu coração, era o porto seguro depois de um mar revolto, para o qual eu sempre voltava quando algo não dava certo. Era minha fonte de esperança. Ele me fazia acreditar que os contos de fadas eram reais."

Mas a garotinha cresceu se tornou uma mulher linda, inteligente e independente. E seu tão sonhado grande dia chegou, Bárbara irá se casar. O problema é que seu noivo não tinha tanta certeza assim, e além de traí-la com uma de suas melhores amigas, ele a abandona no meio da cerimônia. Babi fica desolada, totalmente devastada e sai correndo da igreja, em um ímpeto ela começa arrumar todas as suas coisas e decidi que é hora de fazer uma nova fuga, com a ajuda de sua família – muito barulhenta – ela volta para a casa dos pais. Com o passar dos dias, Babi se cansa de olhares de piedade de sua mãe, e resolve aceitar o convite de seus irmãos e se muda para a casa deles, ganhando de brinde mais dois marmanjos, ou seja, agora ela precisa lidar com quatro homens controladores, mandões e barulhentos. E ali em meio a aquela bagunça, que ela encontra: Apoio, carinho, ombros amigos... É ali que ela descobre o verdadeiro amor, aquele que tudo supera, que tudo enfrenta, que ao tempo resisti.

É muito fácil entender o que a Bárbara está passando, ela estava prestes a se casar, pensava que amava seu noivo, construiu uma história, fez planos e acreditou estar escrevendo seu feliz para sempre. E quando descobre a traição do noivo, que para ajudar é com sua melhor amiga, ele não perde apenas a fé no amor, como teme nunca mais conseguir acreditar novamente nas pessoas. Ela levou uma rasteira gigante da vida, mas foi recompensada. Sabe aquela história de que às vezes é preciso afastar tudo que te faz mal, tudo que é ruim  e tóxico para que ser capaz de encontra aquilo que realmente te faz bem? Então, foi bem isso. Babi encontra Vivian, uma menina alegre, divertida, apaixonada e cativante, ela é irmã de Ian, um dos rapazes com quem ela divide a casa. Enquanto que Vivian mostra que sim existem amizades verdadeiras e é a leveza que Babi precisa, Ian é o cara mandão, protetor e brigão que só quer vê-la feliz e bem novamente.

"Prometi a mim mesma que seria a última vez. Mais nada nem ninguém teria o poder de me abalar, de me destruir, de fazer com que eu duvidasse de mim mesma a ponto de não saber mais quem eu era."

Raiza foi sensacional, ela realmente soube conduzir o enredo, amei a maneira como ela deu tempo para a protagonista se curar, como ela descreveu esse amadurecimento e crescimento da personagem. Outro ponto positivo é o modo como ela explorou cada personagem presente na história, fazendo com que nos apaixonássemos não apenas pelo casal protagonista, como por todos os demais na mesma proporção.  O Romance é arrebatador, nasce na amizade, com provocações e briguinhas, mas também diante da cumplicidade, do apoio e você fica na torcida para que eles se entendam, para que sejam capazes de transpor os medos da Babi e serem felizes. Parece simples não é? Basta que ela de nova chance ao amor, mas não. A autora dá um giro de trezentos e sessenta graus na história e nos SURPREENDE MUITO, com o rumo que a narrativa toma.

"- Nunca se ressinta, nunca desista. O cavalo branco só passa uma vez e não volta, mas não é tão fácil assim de enxergá-lo."

O GAROTO DOS OLHOS AZUIS é um livro muito bem escrito, com um enredo leve, fluido e viciante. O drama aqui presente é na medida perfeita para nos fazer refletir sobre segundas chances, recomeços, perdão, superação e a importância de relações familiares amorosas e amizades verdadeiras. Um livro que começa com uma pegada mais chick-lit com uma trama mais irreverente e divertida, mas que nos surpreende com um final repleto de emoções e acontecimentos capazes de nos roubar o fôlego. Emocionei-me muito ao longo de cada situação, chorei, sorri, me apaixonei e fiquei com o coração na mão. Amei poder ler esta obra, e recomendo que todos a leiam.

Se assim como eu, você ama uma história de amor verdadeiro, divertida e com uma pitada de emoções, esta leitura com certeza é para você.




Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

4 comentários

  1. ahhhh q que lindo! que bom que gostou está na minha lista de próximas leituras e agora fiquei ainda mais curiosa. bjs

    ResponderExcluir
  2. Apaixonante, amo esse livro da Raiza Varella <3

    ResponderExcluir
  3. Ownnnnnnnnnnn eu amei esse livro da Raiza, foi uma agradável surpresa e espero ler os próximos livros dela.

    =)

    Every Little Book

    ResponderExcluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por