Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

[RESENHA] Magnífico - M. S. Fayes






Magnífico - Livro #03 - Trilogia da Lei - M. S. Fayes.


Sinopse: Esta é a história de como Lana, a última das três amigas que dividiam um apartamento, encontra seu príncipe encantado onde menos esperava. A Trilogia da Lei se encerra aqui, onde além de se encantar com a história de Lana e John, você também poderá matar saudades dos personagens marcantes dos livros anteriores.
P.S. Livro cortesia da autora parceira.

 SKOOB ❤ AMAZON  FÍSICO 



Uau...

MAGNÍFICO veio para fechar com chave de ouro uma das melhores trilogias que já li A TRILOGIA DA LEI, deixou não apenas saudades, mas lições e reflexões para a vida toda, e tudo isso feito com muito amor, sutileza, leveza e fluidez. M. S. Fayes conseguiu criar um universo único, capaz de afirmar o quanto as diferenças apenas fortalecem e que a perfeição está na maneira imperfeita como a vida nos guia por seus caminhos.

No terceiro livro teremos a oportunidade de conhecer Lana e John, um casal improvável, que tinha tudo para dar errado, mas que conseguiram driblar as diferenças, vencer cada obstáculo e encontrar a trilha da felicidade. Com um enredo romântico, leve, doce, rico e muito bem escrito, este livro ficou marcado pelos personagens humanos, que erram sim, mas que levantam e vão a luta dia após dia.

Lana é a doce, linda, angelical, sonhadora e uma romântica incurável. É a menina que cresceu no interior, em uma fazenda, que tem uma ingenuidade meiga que é de sua natureza, de sua criação. Uma menina mulher que levou uma rasteira imensa da pessoa que pensou amar, daquele por quem ela abandonou os estudos e seguiu pelo mundo. E o que restou? Uma Lana quebrada, abandonada e grávida.

“(...) Até aquele momento de sua vida. Com sua nova perspectiva de tornar-se mãe, seus instintos mais primitivos vieram à tona e ela se recusava a recuar sob qualquer tipo de ameaça. E com a vida de seu bebê em risco ela não permitiria sentir qualquer tipo de constrangimento ou se impedir, por orgulho, em pedir ajuda num momento difícil.”

John é Juiz, um homem magnífico em todo o sentido literal da palavra. Íntegro, valente, determinado, brilhante, sério e muito focado, mas ao mesmo tempo um ser tão doce e generoso que conquista sem nenhum esforço. Seu olhar é arrebatador, sua intensidade paralisante e a maneira como ele se envolve e aos pouquinhos passa a ganhar a confiança da Lana é apaixonante. E olha que voltar a confiar em uma mulher para ele é difícil, ele acabou de passar por um casamento fracassado e tem todos os motivos do mundo para temer um novo envolvimento, ainda mais um que vem com uma pequena bagagem.

“John entrou em seu carro e partiu respirando aliviado. Ele não entendia o porquê, mas sentia-se como um jovem adolescente em seu primeiro encontro. Uma vontade louca de despedir-se de Lana com um beijo suave passou por sua mente segundos antes de Gabe abrir a porta. E isto o estava martirizando de uma maneira absurda.”

Lana e John são dois sobreviventes das artimanhas do destino, duas pessoas que tiveram sua quota de tropeços e que estão apenas buscando um pouquinho de paz e quem sabe o caminho da felicidade. Dois opostos em estilo de vida, com diferença de idade, mas que possuem o mais valioso em comum, o amor: Amor pela vida, pela relação familiar, são leais aos que amam e protetores ferozes. Pessoas com a aura pura e brilhante contagiando a todos ao seu redor.

“John sentiu um aperto no coração tão grande que achou que fosse expelir seu órgão vital pela boca. Uma emoção completamente desconhecida passou por ele, desceu desde as pontas de seus cabelos até o bico de seu refinado sapato Ferragamo.”

Foi tão deslumbrante acompanhar a maneira como Lana deixou sua força interior aflorar, a maneira como ela se permitiu lutar, como ela se negou a desistir, fracassar ou sentir pena de si mesma. São tantos obstáculos, tantas reviravoltas em sua vida que eu fiquei com o coração na mão temendo o desfecho que a autora traria para o caso. Mas para minha felicidade M. S. Fayes não só acertou na medida perfeita, como me surpreendeu.

John tinha tudo para ser amargo, cheio de medos e inseguranças e apesar de não conseguir lidar muito bem a primeiro momento com o conflito de suas emoções, ele sempre se mostrou uma rocha, uma força fiel, disposto a apoiar e abdicar de sua razão e sanidade para fazer a pessoa amada feliz.

“— Acho que nossos destinos estavam traçados desde antes, meu anjo.”

M. S. Fayes mais uma vez provou o quanto é talentosa. A escrita desta autora é vibrante, ela conquista, empolga e vicia. Ela não só nos convida a conhecer seu trabalho, ela nos obriga a amá-lo. Parabéns mais uma vez pelo cuidado com os termos técnicos, por nos apresentar um enredo rico, com cenários bem construídos e personagens carismáticos e originais. Para mim sempre será um honra ler algo escrito por você.

Essa trilogia ficará para sempre em meu coração, por todas as emoções e descobertas que tive com ela, onde desde o primeiro livro fui surpreendida. Para mim, sempre será impossível escolher meu casal preferido, assim como dizer qual livro mais gostei, pois cada um deles me cativou de uma maneira diferente.

Gabe e Kate, que são os verdadeiros Absolutos desta trilogia, que tiveram a difícil missão de abrir o caminho para os próximos livros e que apresentaram um amor persistente, que consome, que persevera, que instiga. Um amor que aconteceu, que surgiu a partir da audácia e que conquistou por sua leveza.

Confira a resenha do livro ABSOLUTO - AQUI

Alex e Fay, que são o casal Irresistível. Que conseguem emocionar e arrancar gargalhadas com a mesma facilidade. Com um amor voraz, guloso e insaciável. Que supera, que confia, que arrisca e que se doa. Um casal deliciosamente pecaminoso, cheio de sensualidade e humor. Que tornaram o meio da trama mais intenso e sexy.

Confira a resenha do livro IRRESISTÍVEL - AQUI

John e Lana, o casal Magnífico. Que luta, que encanta, que adoça a vida e nos deixa com a esperança de que tudo vai dar certo na hora exata e perfeita. Com um amor delicado, refinado, construído tijolo por tijolo, um dia de cada vez, que se fortalece a medida que cresce e que consome como uma chama que se encontra com a pólvora. Que encerraram esta trilogia com sabedoria e beleza.

Três casais, seis pessoas e um destino; Encontrar o amor, aprender a lidar com ele e partir em busca da felicidade. Lutando, caindo, levantando e prosseguindo sempre, ainda que muitas pedras apareçam e que obstáculos se levantem. Porque quando é verdadeiro, é para sempre.
























Se apaixonou? Então corre porque Magnífico já está em PRÉ-VENDA e com promoções exclusivas e maravilhosas.
  COMPRE 
  COMPRE 



Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

CONVERSATION

4 comentários:

  1. Aiiiiiiiiiiiii que resenha mais perfeita Bia... não tem como não se apaixonar pela série lendo o que você escreveu !!! Não poderia me expressar melhor!

    Parabéns!!!

    Bjoks

    Every Little Book

    ResponderExcluir
  2. Aaaafffff...que resenha lindaaaa.... vc escolheu palavras tão lindas pra se expressar que meus olhinhos nadaram, Biaa...hahahahah....foi lindo...
    Minha felicidade é ver que consegui transmitir ao menos um pouco das emoções que acho válidas para todo ser humano. E só em ver que trouxe um momento de divertimento, descanso e deixei um sorriso no rosto de quem esteve ali lendo, já me sinto realizada...

    obrigada pela resenha fodáaaaaastica!

    Vou amar p sempre vc e suas palavras que trouxeram alegria ao meu coração.

    M.S. Fayes

    ResponderExcluir
  3. OMG! senão tivesse lido ainda iria ler só por causa desta resenha!! muito amor por estes casais <3 vejo a Martinha todinha na Fay, me racho de rir com ela e livros com bebês são minha fraqueza, amoooooooo!! bjs Diana Medeiros http://www.meuvicioemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhhhh que lindo!!!
    Preciso tomar vergonha na cara e ler logo!!!

    ResponderExcluir

Back
to top