[RESENHA] Fury, Novas Espécies - Vol. 01 - Laurann Dohner - Universo dos Livros

23 dezembro 2015





Fury, Novas Espécies - Vol. 01 - Laurann Dohner


Sinopse: Ellie é uma enfermeira e fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica para qual trabalha – as Indústrias Mercile – tem feito experimentos genéticos ilegais. Os cientistas combinaram DNA de humanos com o DNA de animais, criando uma nova espécie: seres humanos mais fortes e desenvolvidos. Um desses ''experimentos'', o prisioneiro 416, captura o coração de Ellie enquanto ela tenta salvá-lo. Fury – como o 416 também é conhecido – nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou a vida inteira em uma cela, acorrentado e sofrendo abusos. Ellie, a única mulher em quem ele confiou, o traiu, e agora Fury está livre e à procura de vingança. O ex-prisioneiro jura acabar com a vida da enfermeira que o salvou, contudo, quando ela finalmente está em suas mãos, a única coisa que Fury não quer fazer com esta mulher pequenina e sexy é machucá-la. 
 SKOOB ❤ AMAZON COMPARE&COMPRE 


A SÉRIE NOVAS ESPÉCIES, chega inovando no gênero fantasia. O enredo é original, instigante, viciante e surpreendente. Abordando como tema central homens e mulheres que foram submetidos aos mais variados níveis de tortura, abuso, e repugnantes testes de pesquisas médicas. Cientistas insanos que brincavam e desafiavam a lógica unindo DNA humano com o de animais. O objetivo da pesquisa? Testar drogas capazes de gerar seres mais fortes, musculosos e bonitos. Máquinas humanas superiores em força e poder, prontos para estar em frente de combate no exercito americano.

É revoltante ver o quão cruel um ser humano pode ser, a maneira como em nome da ganância estas pessoas se esvaziam de empatia, amor, compaixão e respeito. Agindo como se fossem Deus, brincando com a vida humana, sem se importar com o medo, aflição, desespero e dor do próximo. Mas tudo isso está prestes a mudar.



Ellie trabalha nas Indústrias Mercile infiltrada. Uma enfermeira de coração nobre, destemida, que não pensa duas vezes antes de aceitar a missão de juntar provas para ajudar liberar estes seres especiais de seu cativeiro. Apesar de toda compaixão que sente, por todos ali presente, um em especial chama sua atenção de maneira diferenciada o n. 416. Como nem tudo é fácil ou simples, Ellie acaba em uma situação de risco e para conseguir se safar e seguir com a missão intacta, ela acaba prejudicando um pouquinho o n. 416.

“Não podia esquecer aqueles olhos escuros, o olhar no rosto do 416 quando o abandonou naquele dia dentro de sua cela… Ele deve ter pensado nela como uma pessoa monstruosa e cruel.”

Alguns meses depois, Ellie e n. 416 que agora atende pelo nome de Fury se reencontram, o problema é que Fury só tem duas coisas em mente, ódio e vingança.

Quando estava preso em cativeiro, Fury acreditou que a pequena enfermeira de perfume delicado, verdadeiramente tinha um carinho por ele. Ela sempre foi gentil e doce, e ele confiava nela, só que ela o traiu e isso é toda a verdade que ele conhece. Sem controle e fervendo de raiva sua intenção inicial é rasgar sua garganta e acabar com sua vida, só que Ellie desperta sentimentos conflitantes e diferentes nele.

"Não tire seus olhos de mim, querida. Seus olhos são para mim a coisa mais incrível, e ver como reage quando a toco é a coisa mais linda que já vi."

O romance entre eles é arrebatador, intenso, quente e sensual. A partir do momento que Fury descobre seus sentimentos por Ellie, ele faz de tudo para mantê-la ao seu lado. Fury é uma força da natureza, rústico, protetor, voraz, determinado, teimoso... Suspiros. Não tem como não se sentir arrebatada por toda sua possessão e necessidade de amor, de poder gritar MINHA, e você querer responder SIM, SUA. E Ellie é o encaixe perfeito dele, ela tem personalidade, é feroz, luta pelo que acredita e é corajosa. Ela sabe como domar essa fera em fúria, como fazê-lo se sentir em paz.

Claro que eles enfrentam inúmeros problemas, afinal de contas são os primeiros a desafiarem a sociedade e toda a lógica com a união de, um Nova Espécie e uma Humana. E eles enfrentam isso lutando bravamente. Buscando conhecer melhor seu parceiro, seus gostos, suas necessidades e... Vamos parar por aqui, já to revelando demais.

“Eu amo simplesmente tudo sobre você.”

O que mais me tocou no decorrer do livro, além-claro de tudo que este espécies maravilhosos passaram, é a maneira como eles são generosos. Aceitam tudo que é oferecido com as duas mãos. Mesmo tendo crescido em meio à dor e ódio, eles amam intensamente, se entregam, protegem, cuidam. Eles possuem uma necessidade imensa de serem aceitos, são sensíveis, honestos, carente de afeto e cuidado. E é absurdamente lindo acompanhar a maneira como aos pouquinhos eles vão desvendando mais sobre si mesmo e o mundo a sua volta.

Narrado em terceira pessoa, o primeiro livro da série Novas Espécies, tem o importante papel de nos apresentar toda a temática das histórias e seus cenários. Conheceremos um pouco sobre o passado dos NE que viveram trancafiados e usados como cobaias. Faremos morada em Homeland o novo lar destes seres após sua libertação. A maneira como eles lutam para conseguir o controle absoluto de suas vidas e destinos, enquanto precisam aprender a se adaptar e se livrar de seus fantasmas e pesadelos. E alguns dos personagens que conheceremos melhor a cada novo livro.

Fury não é o meu Nova Espécie preferido, mas foi ele que conseguiu me cativar e fazer com que me apaixonasse por todo esse universo e tramas de tirar o fôlego. Fica aqui mais que uma RECOMENDAÇÃO. É incrível, tenho certeza que você irá se apaixonar.




Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

2 comentários

  1. Ainnnnnnnnnnn amo amo amo a série Novas Espécies!!!!
    Menina, o que são eles???
    Bapho!
    Pego fogo com tanta gostosura!
    Safada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são sensacionais. Quente, sensual... Aiiii suspiros.

      Excluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por