Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

[RESENHA] O Beijo do Bilionário, Série Os Magnatas, Vol. 01 - Julie Farrell




O Beijo do Bilionário, Série Os Magnatas, Vol. 01 -  Julie Farrell 


Sinopse: Esta história vai fazer você ficar louca por bilionários! Ela contém cenas de sexo extremamente eróticas e sensuais, orgasmos em abundância e um homem incrivelmente bonito que sempre consegue o que quer. A diretora de operações, Amy Carter, é uma londrina bem-sucedida na carreira que está passando por um enorme problema: o firme assédio moral da empresa de Nova York, Irmãos Quinlan. Ao que tudo indica, cabeças vão rolar. Amy está determinada a lutar por seus colegas de trabalho, mas, ao chegar em Nova York, ela conhece Adam Quinlan, que deixa claro que está interessado em negociar com ela em um nível mais pessoal. O bilionário, playboy e CEO, Adam Quinlan, sempre consegue o que quer: ele é bonito, confiante e gosta de ver as mulheres sucumbirem ao seu charme. Quando a bela Amy chama sua atenção, ele decide que irá seduzi-la. Mas, há um problema: o último pedido de seu falecido irmão foi que ele comprasse a empresa de Amy para que o projeto em que ele estava trabalhando pudesse ser completado. Adam sabe que, provavelmente, precisará demitir algumas pessoas, mas seduzir e levar Amy para sua cama, se torna, subitamente, mais importante do que negociar na sala de reuniões. Amy quer mais de um homem do que apenas sexo alucinante e sem compromisso. E, certamente, não quer nada com o seu rival, Adam Quinlan. Então, por que ela não consegue parar de pensar nele, dentro e fora do quarto e da sala de reuniões? E o que está acontecendo com o solteirão convicto? Ele realmente está mudando de ideia e se apaixonando? Independentemente da razão, Adam está prestes a descobrir que existem algumas coisas que o dinheiro não pode comprar...
❤ SKOOB ❤  AMAZON ❤ 

Em uma palavra, Surpresa. Esta é meu primeiro contato com a escrita da autora e fui verdadeiramente surpreendida por seu poder de nos envolver e criar um mistério capaz de nos deixar na dúvida sobre quem é o verdadeiro vilão e mocinho da trama. No inicio da leitura ainda cheguei a pensar, lá vamos nós novamente, embarcar em um clichê – não que isso seja, ruim. Na verdade eu amo clichês -, só que não. A autora com um toque sábio conseguiu reverter toda a situação e nos mostrar, que até o clichê pode sim ser original e surpreendente.

Com uma pegada erótica, muita sensualidade e sedução, O BEIJO DO BILIONÁRIO, torna-se uma leitura agradável e rápida. Com um enredo envolvente, um mistério viciante, um casal com muita química e um final que apesar de satisfatório deixa um gostinho de quero mais e um gancho para o segundo volume da série, o livro torna-se sim, uma boa pedida para os amantes do gênero.



Adam, me conquistou. Com um humor ácido, arrogante e cheio de si, ele acaba nos cativando ao longo das páginas por mostrar sua generosidade e doçura. O que mais me cativou nele, foi que mesmo diante da perda, passando por um momento de sofrimento, ele não perdeu seu riso ou brincadeiras. Ele não é um personagem amargurado, cheio de traumas, muito pelo contrário, ele quer é viver e se divertir mais e mais.

Amy é uma mulher brilhante. Inteligente, determinada, guerreira e linda, não é do tipo que abaixa a cabeça, ou recua diante do primeiro obstáculo.  Um tanto quanto “frigida”, Amy nunca foi capaz de atingir um orgasmo, nem quando se tocava (Não condeno, muitas mulheres nunca conseguiram verdadeiramente, mesmo se tocando. Não saber se dar prazer não deve ser motivo de condenação, e sim um belo impulso para que percam essa vergonha e medo e saiam por ai buscando conhecer o próprio corpo e como realizar a masturbação sem que a mesma seja, um tabu).

“(...) Eu queria que tudo o que aconteceu comigo se tornasse um aprendizado, mas o meu passado é visto como um rótulo, nada mais.”

Adam e Amy se conhecem durante o trabalho. Adam é um dos donos da empresa que tem interesse de comprar, a empresa em que Amy trabalha, e ela tem a missão de viajar até a sede da mesma, para analisar o contrato e se assegurar de que a venda é segura e uma boa opção. A atração entre eles é carnal, a primeiro momento é apenas uma necessidade física, afinal de contas, Adam é um mulherengo avesso a relacionamentos. Só que após ter Amy em seus braços, a história começa a mudar... Já Amy se vê presa em meio a uma dúvida quando escuta uma conversa, o que pode mudar todo o rumo da negociação, e em paralelo a tudo isso o inesperado acontece... Um mistério começa a pairar no ar e Amy se vê presa no meio do olho do furacão, sem saber se escuta seu coração ou a razão...

“(...) Eu gostei de sua comparação, ele e eu somos como água e vinho. Eu sou a representação perfeita de água, simples e sem gosto e ele é fino e elegante como um bom vinho.”

Talvez por ser uma leitura realmente rápida, a autora tenha pecado em alguns momentos deixando algumas cenas superficiais demais, em determinados momentos fiquei com a sensação de que faltava algo a mais. Assim como em outros eu senti que ela exagerou na dose. Não que isso tenha de alguma forma, tenha interferido na beleza da leitura. De modo geral a obra realmente vale a pena e eu recomendo.

Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top