[RESENHA] Um Caso Perdido - Colleen Hoover / Galera Record

04 maio 2016






UM CASO PERDIDO - Colleen Hoover


Sinopse: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.
 SKOOB ❤ AMAZON ❤ COMPARE&COMPRE 

Se me pedissem para dizer apenas uma palavra para descrever “UM CASO PERDIDO”, eu não conseguiria. Sensacional, incrível, surpreendente, doloroso, intenso, devastador, único... Qualquer uma destas isoladamente o representa muito bem, mas juntas elas transbordam tudo o que está contido nas páginas desta obra maravilhosa.

Apesar de amar me emocionar, me sentir envolvida, sugada para dentro das tramas e iniciar a leitura sabendo que este livro prometia fortes emoções, eu não estava preparada para o tamanho da carga sentimental contida nela. Fui totalmente pega por seus dramas e intensidade, tive meu coração exprimido, chorei, sorri e fui totalmente surpreendida por um enredo envolvente, viciante, reflexivo e cativante. Com tudo na medida perfeita – romance, drama, segredos e superação -, UM CASO PERDIDO tornou-se um dos meus livros favoritos, capaz de balançar todas as minhas estruturas e torna-se incrivelmente marcante.



Sky é uma jovem de 17 anos que mora com sua mãe adotiva Karen. Vivendo longe de qualquer tecnologia, mantendo o mínimo de interação social possível. Educada em casa, ela não compreende porque sua mãe é contra ela frequentar uma escola regular, ou tenha um celular como qualquer outro jovem de sua idade. Mas, independente de julgar essas escolhas um pouco exageradas, ela as respeita e aparentemente lida muito bem com isso. Entretanto Sky tem uma vizinha/melhor amiga que uni forças com ela e consegue convencer sua mãe a permitir que ela faça seu último ano na escola para conseguir pontuação o suficiente para a tão sonhada faculdade. O único problema é que as coisas não saem exatamente como ela planejava, o tão sonhado intercambio de Six sua melhor amiga, é aprovado e ela se mudará para o outro lado do mundo deixando-a sozinha antes mesmo de o ano letivo iniciar.

Com uma reputação nada animadora Sky logo conhece as “delícias” do ensino médio, sofrendo com agressões verbais, preconceito e apontamentos julgadores. E como se tudo isso não bastasse, ainda terá que lidar com um garoto de olhar intenso que irá virar seu mundo de cabeça para baixo.

Holder é um jovem misterioso, intrigante, capaz de despertar em Sky sentimentos que ela jamais foi capaz de experimentar. Ele a deixa inquieta, curiosa, com vontade de desvendar seus segredos, com a sensação de que algo os conecta... E ela está certa, ambos conhecem a sensação de solidão, o sentimento de impotência e insuficiência. Com o passar do tempo, a química entre eles fala mais alto e eles acabam se envolvendo, e à medida que o relacionamento se intensifica Holder passa a despertar em Sky lembranças pelas quais ela não recordava ter passado e conforme as recordações se intensificam, a vida de ambos vira de cabeça para baixo.

“(...) A intensidade que ele transmite não é irritante... é linda. Passei tanto tempo tentando encontrar maneiras de me sentir apática toda vez que podia, mas ao ver o entusiasmo que há por trás de seus olhos agora... fico com vontade de sentir todas as coisas possíveis da vida. As boas, as ruína, as bonitas, as feias, o prazer, a dor. Eu quero isso. Quero começar a sentir a vida da mesma maneira que ele.”

Falar sobre UM CASO PERDIDO, é falar sobre sentimentos e emoções, quando embarcamos nesta história pensamos que iremos encontrar aqui mais um romance , mas a verdade é que vai muito além, recomeços, segundas chances, reencontros e a força de um amor que une duas pessoas de maneira forte o suficiente, para fazer com que eles confronte seus medos, encarem o passado e tenham determinação o suficiente para superar cada obstáculo e ser capaz de seguir em frente e apenas recomeçar.

“— Passei a vida inteira procurando você.”

Colleen Hoover não hesitou em apresentar para seus leitores uma história extraordinária. Com um enredo grandioso que debate temas como suicídio, abuso e bulling, temos aqui personagens realistas, sofridos, com uma carga dramática gigante, mas que ainda assim, possuem vontade de viver, de sorrir, de romper com cada trauma e ser feliz.

“(...) Não vou ficar desejando uma vida perfeita. As coisas que nos derrubam na vida são testes, e esses testes nos forçam a escolher entre desistir, ficar caída no chão ou sacudir a poeira e se levantar com ainda mais firmeza que antes. Estou escolhendo me levantar com mais firmeza.”

Escrito em primeira pessoa, mesclando o presente com o passado, com um enredo fluido e viciante, UM CASO PERDIDO merece uma chance em sua lista de leituras e no seu coração. O que mais me doeu é saber que existem milhares de Sky e Holder espalhados pelo mundo, oprimidos, machucados, dilacerados, esperando que de alguma forma a vida venha a lhes sorrir.

De lição levo que até mesmo o mais ferido e quebrado dos corações podem sim se curar, se remodelar e AMAR. E que sim, às vezes para se encontrar é preciso se perder primeiro, mas que não importa, porque de alguma forma, você irá encontrar o caminho de volta. E por fim, levo comigo a força e a coragem da protagonista, por não abaixar a cabeça, por não se acovardar e nos provar que com ousadia para enfrentar o que nos assombra, tudo podemos romper.

Não vou me estender, ou entrar nos pormenores da história, não quero soltar spoilers. É difícil colocar em palavras as emoções vividas com esta leitura. Então direi apenas para que LEIA e SINTA tudo quanto este livro tem para te oferecer. Tenho certeza que você não irá se arrepender.

Essa foi mais uma leitura do #DesafioAtitudeLiterária1 e eu estou até agora me recriminando por não ter lido o livro antes. Agora estou eufórica, indo comprar os próximos livros da Série porque estou completamente apaixonada e encantada por estes personagens.


Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

5 comentários

  1. É muito bom quando a gente lê a resenha de outra e pessoa e percebe como o livro pode ser incrível. Já me falaram desse livro antes, mas até agora eu só tinha ficado com aquele pensamente sabe: acho que vou ler.
    Mas isso mudo agora!

    Eu preciso ler. Amei o jeito que você falou do livro. Me pareceu bem sincero.
    Beijos

    https://quantomaislivrosmelhor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooiiiiiiiiii, Pri pode confiar. É maravilhoso, mexe com nossas emoções e sentimentos. Você vai amar <3
      Obrigada pelas palavras.

      Excluir
  2. Que resenha cativante! Ficou genial, adorei cada coisa que escreveu. Eu já havia visto esse livro mas parecia ser dramático demais, naquele estilo new-adult, mas acredito que apesar dos traumas, existe um linda história de amor por trás. Estou louca para ler!
    Beijinhos
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriã, realmente tem uma carga dramática enorme, mas a autora foi genial, com uma sensibilidade impar ao descrever os fatos sem deixá-lo excessivamente melancólico. O amor por trás do drama é intenso, forte e cativante e a medida que essas duas almas se encontram é puro AMOR e força. Vale muito a pena a leitura. <3 Beijoooooos.

      Excluir
  3. Olá Biia,
    Eu realmente fico encantada com as histórias da Colleen. Ela sempre consegue me cativar! Eu adorei essa série, os personagens são ótimos e a história trata de muitos temas interessantes.

    Parabéns pela resenha!

    www.booksimpressions.com.br

    ResponderExcluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por