[RESENHA] Pecados no Inverno, Série Quatro Estações do Amor, Vol. 3 - Lisa Kleypas / Editora Arqueiro

29 julho 2016





PECADOS NO INVERNO, Série Quatro Estações do Amor - Lisa Kleypas

Sinopse: Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias. Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai. Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela. Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida. Neste terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Lisa Kleypas nos apresenta o relacionamento de duas pessoas muito diferentes, mas igualmente obstinadas. E dessa relação tão peculiar pode nascer um desejo impossível de conter e um sentimento forte demais para esconder. Quem disse que os cafajestes não podem amar?
* Livro cortesia da editora parceira 
 SKOOB  AMAZON  COMPARE&COMPRE 
Se você ainda não conhece a série QUATRO ESTAÇÕES DO AMOR, precisa parar tudo que estiver fazendo, cancelar todas as suas leituras e começar a ler imediatamente. Estou completamente apaixonada e viciada nas histórias dessas quatro jovens que lutam tanto para alcançar seus objetivos e encontrar a tão sonhada felicidade.

Quando concluí a leitura do segundo volume da série ERA UMA VEZ NO OUTONO, fiquei de queixo caído com a premissa do que estava por vir. Depois de conhecermos a história da teimosa Annabelle e da determinada Lilian, é chegada a hora de torcer pela Tímida Evangeline.

Evangeline é uma jovem ruiva, de beleza delicada e sensível. Criada por carrascos que só fazem oprimi-la, humilhá-la e menosprezá-la. Seu único desejo é ser capaz de cuidar do pai que está acamado e muito doente, porém um desejo que sempre lhe é negado, já que o mesmo é dono de uma casa de jogos e visto pela família da mesma como lixo. Entretanto, Evie tem uma carta na manga, seu pai é muito rico e ela será sua única herdeira, então só precisa encontrar uma solução, ou melhor, um homem que aceite se casar com ela, para que assim possa se ver livre e protegida de seus tios, podendo cuidar de seu pai e seguir sua vida. Infelizmente após anos de depreciação, deixaram Evie acreditando não ser capaz de despertar o interesse masculino e muito menos digna do amor.

Sebastian está desesperado. Na verdade, muito desesperado, se é que você é capaz de se recordar o que ele aprontou com a Lilian... Pois bem, um homem lindo, libertino incorrigível que sempre teve tudo na vida, mas que agora está à beira da falência. Por essa razão quando a pequena e sem graça Evangeline ousa perturbar sua autodepreciação com uma proposta irreverente e impensável, ainda que seja uma completa loucura... Ele aceita.
“Ele parecia um anjo caído, com toda a beleza masculina perigosa que Lúcifer poderia criar.”

Sebastian é a última esperança de Evie, ela sabe que ele precisa muito se casar com uma jovem de dote alto para ser capaz de permanecer com seu estilo de vida. Ela também sabe, que ele jamais será capaz de amá-la e conseguir ser fiel, afinal de contas estamos falando de um libertino, portanto ele é a escolha perfeita. Casando, ela terá sua liberdade e uma vez que ele não espere nada de sua “esposa” a deixará cuidar de seu pai e após sua morte ser capaz de viver a sua maneira... Ledo engano. A princípio Sebastian está mais do que feliz com a proposta que lhe foi feita, porém de maneira sorrateira e sem controle, algumas coisas mudam em seu interior, e o que antes foi aceito, já não é mais o suficiente.

“Pense no que você quer. Há muito pouco que não possa ter... desde que ouse.”

Gente o que é a Evie??? Que mulher, que garra, força e determinação. Essa jovem só precisava recuperar sua liberdade e confiança para assim enfrentar o mundo a sua volta e mostrar o seu verdadeiro eu e brilhar. Que personagem mais cativante e exemplo de coragem e vitória. A pequena notável que nada tinha, não pensou duas vezes antes de colocar sua amizade em risco com as demais Flores Secas, acreditando ser capaz de alcançar o perdão, desde que pudesse passar os últimos dias com seu pai. E Sebastian, como torci para que ele sofresse horrores no segundo livro e como me apaixonei por ele nesse volume, a autora teceu sua magia e nos hipnotizou. Um homem egoísta, que não tinha perspectiva, visão, vazio, que amadurece a cada capítulo e se redescobre. Evie e Sebastian despertaram o melhor um no outro, e quando estão juntos é só... MARAVILHOSO, o casal mais improvável desta série e talvez por isso um dos mais fascinantes. Porém, como nem tudo são flores... ao longo desse caminho de descobertas, muitas são as lutas, os conflitos e pessoas tentando destruir esse recém-casal. Que medo, que pânico, que agonia e quantos... suspiros.

“Nunca se recuse a trilhar um novo caminho. Nunca se sabe que aventuras o esperam.”

Não posso deixar de mencionar o quanto, certa cena me deixou com ciúmes... Gente, para quem conhece a série Os Hathaways sabe quem é o Cam. E ele aparece e não é uma apariçãozinha não... ele tem destaque na história, claro que em um momento muito mais jovem de sua vida. Foi maravilhoso acompanhar essa união de séries que a autora propôs.

PECADOS NO INVERNO é uma inebriante história de AMOR e seu poder. O poder de regeneração, perdão, libertação, entrega, amadurecimento e cura. A transformação de uma pequena lagarta de aparência simplória, que se transforma em uma deslumbrante borboleta, que brilha, erradia força, determinação e garra. De um insensível lascivo, acostumado a ter tudo que quer e deseja de maneira fácil, tendo que arregaçar as mangas, provar o seu valor e lutar de verdade pelo que deseja e acredita. Sobre o amor que se constrói um pouquinho a cada dia, que enfrenta altos e baixos, que precisa aprender a se reconhecer no olhar do outro, que protege, cuida, desafia e sustenta. O tipo de amor que é real, com complicações, medos e inseguranças, mas que suporta fortes tempestades.

“— Quero respirar o ar de seus pulmões e deixar as minhas marcas em sua alma. Quero lhe dar mais prazer do que você pode suportar.”

Caros leitores, como é difícil falar daquilo que tanto nos marca e amamos. Eu amei tudo sobre esse livro, os obstáculos, o desenrolar do enredo, os personagens bem construídos, os cenários bem explorados. Fui totalmente sugada para dentro da trama e a li em questão de horas. JURO é impossível escolher qual o meu livro e casal preferido até o momento. Sigo deslumbrada pela força da amizade dessas quatro jovens tão diferentes e que se completam. Pela maneira como a autora trabalha o perdão, a aceitação e redenção. Provando que errar é humano, mas que a maneira como você lida com esse erro te torna diferente. Amo a maneira como a autora faz com que os personagens sofram as consequências de seus atos e não os coloca em pedestal de superioridade. A forma como fala de amor, mas não o tipo de amor romantizado e impossível, ainda que o livro seja um romance, mais sim o amor verossímil.



Preciso parar por aqui antes que transforme essa resenha em um livro. Fica aqui mais que minha INDICAÇÃO de leitura e atestado meu AMOR incondicional por essa série. De verdade, é fã de romances de época, é fã de romance, se joga na leitura. Venha se apaixonar assim como eu.

A Editora Arqueiro, aquele agradecimento especial. Amei a capa, diagramação simples e linda como sempre. Parabéns.

Sobre a série:


1 – Segredos de Uma Noite de Verão -  RESENHA
2 – Era Uma Vez no Outono - RESENHA
3 – Pecados no Inverno
4 – Escândalos na Primavera

Apesar de cada livro ser protagonizado por um casal diferente, e você poder lê-los de modo independente, eu recomendo que os leia em sequencia para melhor aproveitamento da série.

Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

5 comentários

  1. Fiquei bem ansiosa pra ler essa história depois de mais uma resenha linda dessa série, quero ver como Sebastian consegue se redimir e suspirar muito pelo romance :)
    P.S: As capas dessa série são lindas <3 e já quero o quarto ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooooiiii Lili, tudo bem?
      Obrigadaaaaaa, fico muito feliz em saber que gostou da resenha. Olha, esse livro me deixou toda apaixonada. Ele está lindíssimo.
      Também sou apaixonada pela capa dessa série e estou roendo os dedos já de ansiedade pelo quarto volume da série.
      Beijooooooooooooooooooos.

      Excluir
  2. Eu também não sei descrever o amor por essa série, gosto mais que os Hathaways (apesar de amar como aquela família errante que se amam e protegem todos a sua volta) aqui existe a amizade, uma tão verdadeira que é admirável, amo quando Lilian encontra Evie e os acontecimentos que se desdobram a partir dai, sem falar em Marcus e Sebastian. Fiquei tão receosa em como a autora iria nos fazer apaixonar por Sebastian nesse livro, após os acontecimentos do anterior e foi ai que fui surpreendida, quando Evie entra na carruagem para viajar com ele a gente já se apaixona, como não com todo aquele cuidado e carinho? Torcendo para o último livro fechar com chave de ouro. Tão ansiosa que fui reler os trechos de "Desejo à Meia Noite" em que esse dois últimos casais aparecem significativamente, além da alusão a vida de Dayse, e claro "Sedução ao Amanhecer" em que Annabelle e Simon aparecem. Gente é muito amor envolvido por essa autora, já quero ler tudo dela!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm. Estou tão ansiosa e animada pelo último que fico até com medo. kkkkkkkkkkkk A autora está dando um show de escrita nessa série é cada livro e casal mais apaixonante que o anterior. É muito amor envolvido. Eu fiquei com tanto medo de não conseguir perdoar o Sebastian e da amizade entre elas ficar quebrada, que a cada página que lia meu coração acelerava ainda mais. <3 <3 <3 Mas foi perfeitoooooooooooooo. Beijooos.

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Já li os dois primeiros livros da série e adorei! Pretendo ler o terceiro em breve.
    Mas a série "Os Hathaways" ainda é minha favorita, conhece?
    Beijos e seguindo aqui...

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por