ESSA LUZ TÃO BRILHANTE - Estelle Laure

Sinopse: “Em uma prosa muito segura, Estelle Laure confere a Lucille uma obstinação feroz que a estimula e movimenta. Os personagens são bem construídos, e a autora consegue descrever a adrenalina do amor.” – Publishers Weekly. O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.
* Livro Cortesia da editora. 
 SKOOB  AMAZON  COMPARE&COMPRE 


Lucille tem apenas dezessete anos e um peso gigante em suas costas. Seu pai teve uma crise nervosa, um surto psicótico que o levou direto para uma clinica psiquiátrica. Sua mãe não aguentou todo o ocorrido da fatídica noite, não conseguiu lidar com a ausência do marido e viajou com a desculpa de que precisava de um tempo, o problema é que ela não voltou mais. E agora Lucelle se encontra sozinha, ou melhor, se encontra sozinha com a missão de cuidar de sua irmã de oito anos, Wren e de todas as responsabilidades que isso implica. Precisa arrumar um emprego já que as contas não param de chegar, criar uma rotina para que supra as necessidades de sua irmã, levando-a a escola e ajudando com o dever de casa, além de fazer suas próprias tarefas, e cumprir seus horários, tudo isso dando a entender que sua mãe nunca as abandonou e que elas não estão sozinhas, assim não correrem o risco de serem separadas e Lucille perder a guarda de Wren.

“(...) às vezes, algo lento acontece rápido e você não consegue aprender bem o momento, independente de ter sido importante, de ter de fato acontecido ou de você ter inventado.”

E é em meio ao caos que os verdadeiros amigos se fazem presente, não é verdade? Diante de toda a confusão e desordem que Lucille encontra em Eden sua melhor amiga e Digby o irmão gêmeo de Eden todo o apoio e força para seguir em frente. E tudo estaria bem, se não fosse o amor desgovernado que Lucille sente por Digby, o jovem que ela conhece desde criança, mas que misteriosamente tornou-se um alguém muito mais especial e atrativo aos seus olhos, o problema é que ele namora a mesma garota praticamente desde sempre.

ESSA LUZ TÃO BRILHANTE nos transporta para vida de uma jovem que com apenas seus dezessete anos precisou assumir todas as responsabilidades de uma família. Muito mais que uma irmã mais velha, tornou-se mãe, provedora e educadora. Uma jovem que precisou amadurecer, crescer e sair a luta, sacrificando um pouco de si mesma e se doando para um ser frágil que precisa de sua atenção.

Foi impossível não me sentir envolvida pela Lucille e sua história de vida. O que essa garota enfrenta é uma triste realidade, ser abandonada, deixada para trás apenas com sua irmãzinha e precisar se virar do dia para a noite é complicado. Ela ainda precisou encarar todos os hormônios em ebulição, os medos, as inseguranças, as dúvidas em relação ao garoto que ama e sofrer por ele ser comprometido e ter que enfrentar a falta de apoio de sua amiga em relação a esse sentimento. Então nós temos uma menina/mulher que teve sua vida virada de cabeça para baixo e além de lidar com todos os conflitos da idade, ela precisa assumir responsabilidades absurdas. É claro que ela enfrenta o medo constante de ser descoberta e quando um “anjo da guarda” aparece, esse medo fica ainda mais presente. Algumas de suas atitudes me incomodaram, mas quando parei para analisar que ela e apenas uma criança, compreendi que ela estava apenas assustada e tentando tomar controle da situação.

“(...) Explique qual é o objetivo de viver se você não estiver disposta a lutar pelas verdades do seu coração, a correr o risco de se machucar.”

Um livro que fala sobre relações familiares quebradas, sacrifícios, perdão e amor. Um romance delicado, que cresceu de uma amizade, de uma aproximação inesperada e que nos encanta pela pureza do sentimento. Confesso que ele acabou sendo totalmente diferente do que eu esperava, muito mais intenso, doloroso e complexo. A autora foi muito feliz na construção dos personagens, nos temas abordados que são pouco debatidos e de modo geral soube conduzir o enredo muito bem, porém, preciso ser honesta e dizer que apesar do final bonito, muitas pontas ficaram soltas e perguntas não foram totalmente respondidas, o que me leva a crer que teremos uma continuação, ou que ela é ousada o suficiente para deixá-lo aberto para que tiremos nossas próprias conclusões. De qualquer forma, a leitura vale muito a pena e é capaz de nos emocionar.

“Ele me abraça com muita força antes de sair. Tento me apertar contra ele e, por um louco segundo, fico achando que, se o abraçar com força suficiente, talvez eu de fato me transforme nele, me derreta nele e nada mais vai fazer diferença.”

Estelle tem uma escrita delicada, envolvente, que nos prende desde as primeiras páginas. Ela traz uma pitada de mistério, deixa alguns questionamentos em suspense ao longo dos capítulos, que acaba por nos prender facilmente. A narrativa é leve e o modo como ela aborda temas delicados é sutil. Amei.

Procurando por uma leitura rápida e deliciosa? Este com certeza é uma ótima opção.


Editora Arqueiro, parabéns pelo trabalho maravilhoso. CAPA linda, diagramação impecável. É sempre delicioso ter um de seus livros em mãos.


Até a próxima! Bye.
Image and video hosting by TinyPic

6 Comentários

  1. Oi.
    Eu estou louca por esse livro, ele parece ser do estilo da Colleen Hoover e sei que vou amar! Simplesmente fala sobre questões importantes e de reflexão e por isso estou tão envolvida com a temática. As fotos estão lindas!
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii. Ele realmente tem uma intensidade que eu não esperava. Pensei que pela capa brilhante viria algo mais leve. E é bem isso mesmo, um livro reflexivo e inspirador. Acho que irá gostar muito. Beijoooooos e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  2. Oi Bia, estou super interessada nesse livro. Achei a capa linda e a sinopse interessante e ver você dizer que o livro é mais intenso do que esperava, me deixou com mais vontade de lê-lo. Só fiquei preocupada com esse final em aberto :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lili.

      O livro é bem reflexivo e inspirador. Ele fala sobre a beleza dos pequenos momentos e em acreditar que a cada dia algo bom irá acontecer. Quanto ao final ele é bem bonito, porém, infelizmente deixa alguns questionamentos em suspense, mas te garanto que isso não tira a beleza da obra. Pode ler sem medo. Beijos.

      Excluir
  3. Olá, eu li esse livro, mas confesso que fiquei um pouco decepcionada. Acho que realmente muitas pontas ficaram soltas, o final principalmente eu fiquei, tipo, não acredito que acaba assim. É claro que ela passa por uma situação bem difícil, tendo que "crescer" e encarar as coisas da vida adulta praticamente sem a ajuda de ninguém, mas ainda assim me parece que faltou algo na história :( Mas enfim, é uma leitura legal, nos mostra que podemos encarar as adversidades da vida!!
    Se você puder da uma passadinha no meu blog também :) www.pardelivros.com.br Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Serena.
      Sigo acreditando que ainda teremos mais. Realmente algumas perguntas ficaram sem respostas. Mas enfim, é uma leitura leve e vale a pena.
      Pode deixar que irei passar por lá.
      Beijos.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...