[ENTREVISTA] Autora Andy Collins

22 setembro 2016


Olá, pessoas!

Estou muito feliz, tive a oportunidade de conversar com a autora Andy Collins. Seus livros publicados até o momento são INSANO E FENOMENAL. E agora vocês poderão a conhecer um pouquinho melhor.

Venha conferir...


ANDY COLLINS, seja muito bem-vinda ao blog Atitude Literária.

1 – Eu li suas duas obras publicadas – INSANO E FENOMENAL -, e o que mais me chamou a atenção em ambas, foi à intensidade dos sentimentos e a forma como você aborda temas “polêmico-tabus”. Pensando nisso, quais suas motivações e inspirações?

R – Minha motivação é escrever o que eu gostaria de ler. Como leitora eu sou muito crítica e por isso aprecio resenhas honestas dos meus livros, sempre pego os meus erros e procuro melhorar na obra seguinte, é um constante processo de evolução e motivação. Quanto a inspirações, é uma coisa meio louca, as vezes quando escuto uma música, uma frase que escuto, mas o principal são histórias reais, meus livros sempre tem uma pitada de realidade.

2 – O que é o amor, segundo Andy Collins?

R – Amor, quatro letras que escondem muitos significados. Não sei se realmente acredito nisso, ou se usamos esse termo de forma tão inadequada que se tornou algo banal. O que eu acredito é algo que vai muito além dessa palavra, acredito em encontro de almas, acredito que possuímos mais de uma alma gêmea e isso pode ser transformado em companheiro (de forma sexual) e amizades que nunca se desfaz.  É nisso que acredito, em um sentimento que faz você ser capaz de enfrentar o mundo, de se doar pelo próximo. Acho que Amor não seria o termo adequado para o que acredito, e é isso que tento transmitir nos meus personagens.

3 – Publicar um e-book é emocionante, mas ver seu trabalho em formato físico é totalmente diferente. Como foi a experiência de ver Insano em livro?

R- Quase cai da cadeira (literalmente), comecei a ver Insano pelas fotos dos leitores, a própria Editora mandou vídeo e fotos, eu tinha certeza que estava perfeito, mas tê-lo em mãos superou todas as minhas expectativas. Só tenho a agradecer a todos que trabalharam nesse projeto, desde a capa que foi o motivo do livro ter tido tanto destaque ao trabalho primoroso da Editora que teve todo cuidado com a diagramação até a impressão.

4 – O quanto a escrita significa na sua vida?

R – Eu uso a escrita como forma de acalmar a minha mente, trabalho com algo totalmente diferente, mas tenho uma mente hiperativa, consigo trabalhar em duas ou três histórias ao mesmo tempo, uso a escrita para não explodir rsrsr. Mas, a escrita me proporcionou coisas que nenhuma outra coisa foi capaz, que são os amigos que conquistei.
A escrita não é meu mundo, mas o que ela trouxe se tornou parte essencial dele.

5 – Qual a parte mais divertida, e qual o momento mais tenso durante o processo criativo?

R- Eu acho que a parte mais divertida é criar os nomes dos personagens, a busca por algo diferente e marcante. O mais tenso acho que é a elaboração da sinopse, eu sempre escrevo a sinopse antes de qualquer coisa, se eu tentar escrever ela por último, não sai. É tenso porque acredito que uma boa sinopse pode definir o conteúdo do livro.

6 – Existe algum personagem que quando você terminou de escrever você pensou: Porra! Eu criei isso? Te bateu aquele orgulho e satisfação.

R – Sim, existe um em especial, mas o livro ainda não foi lançado, é o personagem que está me dando mais trabalho por causa da sua personalidade. Já considero ele como o meu melhor.

7 – O que podemos esperar de Andy Collins e seus futuros lançamentos?

R – Historias polêmicas com certeza. Ainda não cheguei ao meu objetivo como escritora, mas acredito estar caminhando para isso, e não vou pegar leve para chegar no nível que eu desejo.

8 – O que você deseja alcançar com a escrita?

R- Quero que quando o nome Andy Collins for mencionado, o leitor já pense: Nossa lá vem uma montanha russa de sentimentos.

9 – Responda a algo que você sempre quis, mas que nunca te perguntaram em uma entrevista.

R – Hum, não faço ideia, ainda não decidi se gosto de entrevistas rsrsrsrs.

10 - Pense e responda:
Amor: Minha família.
Paixão: Meus livros.
Desejo: Viajar pelo litoral Brasileiro.
Vida: Meus filhos.
Morte: Inevitável.
Sonho: Conhecer Roma.
Liberdade: Escrever.
Tristeza: Pessoas sem comprometimento.
Felicidade: Trabalho bem feito.
Seu lugar favorito no mundo: Meu sofá.

Dizer que adorei entrevistar essa autora seria muito pouco. Por isso, agradeço imensamente a Andy Collins pelo carinho e pela oportunidade de compartilhar um pouco mais sobre si mesma conosco.

Espero de coração que vocês tenha aproveitado e se sentido mais próximo a autora, assim como eu.

Até a próxima! Bye.


Image and video hosting by TinyPic

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por