[RESENHA] As Letras do Amor - Paula Ottoni / Editora Novo Conceito

09 setembro 2016






AS LETRAS DO AMOR - Paula Ottoni

Sinopse: Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos. Perdida em conflitos amorosos e angustiada por não saber o que será de sua vida ao fim daqueles seis meses, Bianca passa por uma série de situações de crescimento pessoal que vão testá-la e ajudá-la a descobrir o que fazer com o futuro, que vem chegando depressa demais.
*Cortesia enviada pela editora parceira. 
 SKOOB  AMAZON  COMPARE&COMPRE 
Quando li a premissa do livro AS LETRAS DO AMOR, confesso que fiquei intrigada. Apesar de o tema ser clichê, fiquei curiosa para saber como a autora iria trabalhar o enredo e criar um romance divertido e inspirador. Entretanto, apesar dos cenários maravilhosos – afinal de contas a história se passa na Itália -, e de todo conteúdo que a autora poderia trabalhar, faltou algo e devido à isso infelizmente me senti decepcionada.

Bianca é uma jovem que esta perdida em si mesma. Sua vida está de cabeça para baixo, seus pais estão se divorciando, ela detesta o curso de graduação que está cursando e seu namorado está se mudando para a Itália por seis meses. Como já não aguenta mais escutar as discussões de seus pais, seus irmãos estão deixando-a louca com todo o barulho, ela decide aceitar a proposta de Miguel e embarcar com ele para outro país. A aventura parece perfeita, ela poderá aprender a falar italiano, dar um passo a frente no seu relacionamento vivendo uma espécie de “casamento”, ela só não esperava que Miguel fosse se tornar um estranho, que nada sairia como planejado e que de fato ela fosse encontrar consolo e uma nova perspectiva nos braços de Enzo, o melhor amigo de Miguel com quem eles dividem o apartamento. E agora com sentimentos conflitantes, insegura, longe de casa, sem a melhor amiga por perto, qual caminho Bianca deve seguir?

“(...) Não há uma saída, não há outra palavra. Não estou apenas apaixonada. Eu o amo.”

É complicado escrever uma resenha quando você não sabe o que dizer a respeito da leitura. AS LETRAS DO AMOR têm elementos ótimos, cenários lindos, personagens intrigantes, mas que infelizmente não foram bem explorados e desenvolvidos, o que tornou a leitura morna. Bianca é uma personagem superficial, que passa maior parte do livro confusa, tentando concertar o que já ficou óbvio que não tem concerto, que poderia sair explorando as possibilidades, mergulhando de cabeça no auto-descobrimento, se arriscando, dialogando, enfrentando os conflitos, já que está em um relacionamento sério, praticamente casada, amadurecido; não, ela fica apática, de mimimi, se comportando como uma adolescente. Miguel que inicia o livro como o namorado perfeito, se perde no meio da história, toma atitudes sem sentido, passa a se comportar de maneira estranha, e acaba por virar o “vilão”. Enzo é nerd, fofo, atencioso, mas sem atitude, passivo. O romance em si, não me convenceu e poderia ter sido doce, inspirador, cheio de reviravoltas, mas foi insípido. Talvez se eu fosse mais jovem, tivesse aí meus quatorze ou quinze anos tivesse aproveitado melhor a leitura. O fato é que passei cada capítulo esperando que o BOOM chegasse e que deixasse a história mais eletrizante e nada aconteceu, a trama começa morna e termina quase fria.

“— Talvez ela só seja diferente dentro de sua própria mente, então infelizmente não é corajosa o bastante para agir de outras maneiras.”

Quero ressaltar que o livro de modo geral não é ruim. Ele tem pontos bons, algumas cenas fofas e explora temas relevantes. E se você estiver à procura de uma leitura levinha e despretensiosa ele é uma ótima opção.




Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

4 comentários

  1. Oi. Eu vi uma crítica semelhante a sua em relação ao livro. É triste quando os autores não conseguem explorar bem os elementos que nós vemos nos livros. O livro não parece de todo ruim mas somente as atitudes da personagem principal me incomodariam. Com certeza não seria um livro que eu tivesse vontade de ler.
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Miriã.
      Infelizmente não consegui me conectar com os personagens e aproveitar a leitura. Confesso que quando solicitei a obra esperava algo totalmente diferente. Mas, faz parte da vida de leitora. Beijos.

      Excluir
  2. sabia que esta leitura não era para mim a começar pelo triangulo que eu odeio, ainda com outros elementos sem sal? não dá, a Novo Conceito tá um fiasco com estes lançamentos e ainda bem que não solicitei, tantas leituras bombásticas me esperando! que pena que não gostou, bjs Biia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooiiii Diana <3
      Olha, vou concorda com você, a Novo Conceito está com uns lançamentos bem inferiores se comparados ao ano passado. Estou torcendo para que isso mude. E olha, deveria ter feito o mesmo, acabou sendo uma leitura que não aproveitei. Beijoooooos.

      Excluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por