[RESENHA] Nerve - Jeanne Ryan / Editora Planeta de Livros Brasil

26 setembro 2016




NERVE - Jeanne Ryan

Sinopse: Você já se sentiu desafiado a fazer algo que, mesmo sabendo que pode se arrepender depois, acaba levando em frente? A heroína deste livro também. Vee cansou de ser só mais uma garota no colégio, e quer deixar os bastidores da vida para assumir seu merecido posto sob os holofotes. E o jogo online Nerve, febre nacional transmitida ao vivo, pode ser o início dessa trajetória de sucesso. Basta que ela clique no botão “Jogador” em vez de “Espectador” para entrar na disputa, que propõe, a cada etapa, um desafio novo. A adolescente acaba formando uma dupla imbatível com Ian, um garoto desconhecido com quem trava contato ao se inscrever em Nerve. Juntos, vão galgando posições no jogo. Mas, conforme os dois avançam na disputa, os desafios ficam cada vez mais complexos... e perigosos.
* Livro cortesia da editora parceira. 
 SKOOB ✐ AMAZON ✐ COMPARE&COMPRE 
NERVE é uma leitura atual, divertida, cheia de adrenalina e momentos surpreendentes, que te levará por uma viagem repleta de suspense e muita ação.

Vee, tem feito contagem regressiva para se livrar do castigo. Após um acontecimento no passado seus pais a tem observado bem de perto e controlado seus horários. Uma jovem acostumada a ficar em segundo plano, nos bastidores, sem atrair muita atenção para si mesma. Porém, que está cansada de ser apontada como previsível e sem graça, chateada por sempre ser vista apenas como a melhor amiga da garota popular. Que no ímpeto de coragem decide se rebelar, ousar e cumprir um desafio do jogo mais falado do momento... NERVE.

"É difícil acreditar que pouco antes eu estava deprimida atrás de uma cortina empoeirada vendo minha melhor amiga me esfaquear pelas costas. E agora? Prêmios, diversão e dinheiro, talvez. Porém, mais importante, um cara delicioso que me olha como se eu fosse um doce."

NERVE é um aplicativo, um jogo de desafios onde você pode se escrever como jogador ou observador. Na primeira fase do jogo você será desafiado com alguma missão vista como “boba”, no intuito de atrair a atenção, quanto maior suas visualizações, maior sua chance de ser convidado para participar da segunda etapa, onde os desafios se tornam mais ousados e passam a oferecer recompensas gordas, especificas conforme os gostos de cada jogador. E se obter sucesso, cumprir cada insanidade e ter coragem o suficiente, ser enviado para o grande desafio final, que é exibido ao vivo para milhares de pessoas conectadas.

Após concluído o primeiro desafio, Vee se sente satisfeita e aterrorizada, e não tem intenção de prosseguir com os desafios, ela já provou para todos e para si mesma o que queria. Porém, acontecimentos futuros despertam nela a necessidade de continuar jogando e à medida que o verdadeiro jogo começa, ela se dá conta de que pode ter cometido um grande erro. NERVE não é um jogo qualquer, os desafios se tornam insanos, cada vez mais arriscados. Em determinado momento o jogo sai do controle, o aplicativo passa a controlar sua vida, usando cada informação a seu respeito que ele puder encontrar contra você, assim como aquilo que mais te dá medo, às recompensas que antes eram atrativas e tudo que você desejava, já não compensam os riscos.

"Pessoas que gostam de vencer sempre vão jogar."

Talvez o que realmente tenha me chocado seja a veracidade, o fato de que um jogo como esse poderia surgir agora mesmo e assim como no livro teria vários adeptos para jogar e assistir, assim como investidores. As redes sociais têm ganhado mais espaço a cada dia, e infelizmente essa busca incansável por visualizações, likes e popularidade levam as pessoas a não pensar nas consequências da exposição, aceitando qualquer desafio pela fama e dinheiro. A autora foi muito sagaz em sua abordagem, ela traz para discussão os perigos da internet, nos levando a refletir sobre a exposição exagerada, a maneira como o “anonimato” torna as pessoas mais corajosas, ousadas, cruéis. E que infelizmente desvendar um crime virtual, e puni-lo é muito difícil.

Com um tema atual, uma narrativa envolvente e um enredo viciante, li o livro em apenas um dia. O que me incomodou na história foi à falta de aprofundamento nos personagens principais e suas histórias, algo que realmente me convencesse que se arriscar naquele jogo fizesse sentido. Gostei bastante dos personagens secundários, mas também senti que muita coisa ficou vaga em relação as suas escolhas, eles poderiam ter sido mais explorados. O final também me deixou com aquela sensação de “Jogos Vorazes”, do tipo o jogo não acabou, o que está me fazendo questionar se terá uma sequencia. Porém, ainda assim RECOMENDO muito o livro, a leitura é divertida, rápida, nos deixa com um friozinho na barriga pelo que vai acontecer e oferece muito conteúdo para se refletir e analisar sobre nossa própria atuação nas redes sociais.

O livro foi adaptado para o cinema, infelizmente ainda não o assisti, mas pelo trailer já notei que muitos pontos divergem da trama original. De qualquer forma pretendo vê-lo logo e quem saber trazer para vocês um comparativo entre ambos.



Gostei bastante do trabalho da Editora Planeta de Livros Brasil, a capa está legal, a diagramação simples e muito bem feita.

Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

2 comentários

  1. Oi Bia, tava querendo ler uma resenha desse livro por causa do filme que está sendo lançado, ainda não sei o que farei primeiro se ler o livro ou ver o filme, mas seja o que decidir acho que acompanhar essa história vai ser interessante e o tema abordado é bem atual mesmo e eu constantemente me pego pensando nos perigos que o anonimato da internet traz e como as pessoas acham que podem fazer e falar qualquer coisa sem pensar nas consequências, isso é ao mesmo tempo revoltante e assustador. Gostei da ideia do final e vou aguardar o post comparando o livro e o filme ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooiii Lili.
      Acho a leitura de Nerve super válida. É um tema bem real, atual e que serve como alerta para nos preocuparmos com o mundo no qual temos nos inserido mais e mais a cada dia. Vou assistir esse final de semana o filme. Beijoos.

      Excluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por