[RESENHA] Sorrisos Quebrados - Sofia Silva ( #DesafioAL2 - Meta 2)

13 março 2017




SORRISOS QUEBRADOS - Sofia Silva

Sinopse: Paola, Perante Deus, o meu marido prometeu me amar. Cuidar de mim. Ser meu amigo.  Perante todos, disse que me amava. Que íamos ser felizes. Viver para sempre juntos. Mentiu em tudo. Até que um dia, perante mim, ele disse que ia me matar. E não mentiu. A partir desse dia vivi escondida no meu mundo, até o André aparecer. André, Não procurava nada. Não queria ninguém.Não depois de tudo que vivi. O meu coração estava escondido na escuridão, até a Paola surgir com as suas cores, pintando a minha vida. Sorrisos Quebrados é um romance colorido entre duas pessoas Quebradas por relacionamentos passados. Uma história de superação dos próprios medos e promessas.
 SKOOB ❤ AMAZON 

É intrigante como certas histórias nos tocam profundamente e ultrapassam todas as nossas expectativas. Que se enraízam em nosso coração e sempre são lembradas pela experiência única de leitura. SORRISOS QUEBRADOS foi muito além do que esperava, me emocionou, angustiou e me fez acreditar que somos capazes de ultrapassar qualquer obstáculo com muita determinação e AMOR.

Confesso, não sei como iniciar essa resenha, como colocar no papel minha experiência de leitura e transmitir para vocês tudo o que senti e vivi ao longo de cada página. SORRISOS QUIEBRADOS sem trocadilho algum, me quebrou, mas nada de tristeza, pois ele também me restaurou.

“Às vezes encontramos conforto no lugar que um dia mais tememos.”

Paola está danificada, quebrada física e emocionalmente, tentando de alguma forma reconstruir sua vida após anos de tortura e agressões. Não são apenas as feridas em sua pele que precisam cicatrizar, as de sua alma são muito piores. Confiar é difícil, ser tocada doloroso, sorrir raro, mas ainda assim toda sua vitalidade e vontade de viver podem ser vistas através de suas obras de arte. Paola encontrou luz nas cores e transformou os tons de cinza em um arco-íris perfeito. Sol é apenas uma garotinha, mas o mundo a sua volta a assusta, tem dificuldade em se comunicar, expressar o que está sentindo, se socializar, um reflexo de um trauma ao qual foi exposta. E vê-la desabrochar é lindo, o modo como ela erradia luz e é capaz de enxergar beleza onde ninguém mais vê rouba nosso coração e fôlego. André sabe o quanto a vida pode ser dura. Um homem trabalhador, responsável, forte, que encontra em sua filha a força necessária para se esforçar a cada dia mais em busca do melhor. Marcado por um passado conturbado e doloroso ele não tem espaço em sua vida para mais dramas. Porém que disse que o destino segue o caminho que escolhemos.

“— O bom dos muros é que podem ser destruídos — declara com convicção.— Tenha cuidado ao destruí-los para as pedras não caírem sobre você. Não existe nada pior que tentarmos salvar alguém e terminarmos soterrado.”

Não irei revelar muito sobre o enredo, mas preciso que saibam que em algum momento a vida destes três personagens irá cruzar e a partir daí nada mais será igual. Um processo de cura será iniciado e caros leitores, estejam preparados para se emocionar, se enfurecer e perder uma batida do seu coração.

“— Às vezes precisamos olhar para as pessoas com os nossos corações e não com os olhos, pois só assim nós vemos quem realmente são.”

O que mais amei na obra foi às reflexões, a mensagem de superação e recomeço. Mostrando que é possível sim se reerguer após uma grande decepção e anos de agressão. A perfeição às vezes está justamente na imperfeição. Falar sobre violência domestica e abandono sempre irá gerar dor e frustração. É algo que não aceitamos, mas que infelizmente também não sabemos lidar.

O enredo está muito bem construído, os personagens bem estruturados e tudo desenvolvido com muita sutileza e veracidade. Ler essa obra é como acompanhar uma notícia no jornal, a autora não romantizou a agressão, ela a expôs de maneira crua e real, tornando a experiência de leitura ainda mais intensa e comovente.

“Com ele percebi que é na escuridão que as palavras verdadeiras reluzem e sei que as deles nunca perderão a intensidade.”

Quero ressaltar que sou uma leitora por diversas vezes mais emocional que racional e diante a uma história emocionante e tão repleta de reflexões acabo deixando passar, ou ignorando detalhes. Estou trazendo isso à tona por considerar que a obra tenha alguns pontos que poderiam ter recebido uma atenção mais especial, mas como mencionei são detalhes pequenos que diante a grandiosidade da obra tornam-se insignificantes. Sendo ainda mais específica, acredito que cada leitor receba a obra de uma maneira, devido ao que se acredita, a sua visão de mundo e vivências.

Não é por fraqueza que você é espancada. É preciso entender que agredir é desrespeitar, é falta de humanidade, falta de amor, é um crime e não há justificativa para tal ato. Também é preciso saber que você não está sozinha e que não é errado pedir ajuda, denunciar e escolher recomeçar. Você merece ser feliz, merece ser bem tratada, ter sua voz ouvida, suas vontades atendidas e viver a vida que sonhou para si.

SORRISOS QUEBRADOS é uma leitura sobre superação, recomeços, segundas-chances para a vida. Uma obra que irá servir de motivação e inspiração para aqueles que se vêm, ou que conhece alguém que passou ou passa pela mesma situação. Uma leitura rápida que irá te prender do início ao fim, que despertará emoções conflitantes e que irá conquistar o seu coração.
Este foi meu primeiro contato com a autora e fiquei surpreendida com sua escrita. Narrativa envolvente, fluida, viciante, após iniciar a leitura é impossível largar antes de chegar ao fim.

Preciso agradecer a Débora do blog Em Cada Página por me indicar essa leitura para o #DesafioAL2. Amei!

Até a próxima! Bye.



Image and video hosting by TinyPic

3 comentários

  1. Oi Bia, essa parece ser uma história extremamente emocional e só lendo algumas resenhas já estou envolvida por ela e com medo de lê-la haha, sei que vão ser muitos sentimentos fortes e em especial de revolta :/ Amei a resenha e só fiquei mais interessada na história que tá com uma capa linda e que gostaria que fosse lançada em físico. O importante em obras assim são o que você destacou como sendo coisas que você amou: reflexões, a mensagem de superação e recomeço, e pelo visto o livro tá recheado disso. Também me considero uma leitora emocional, assim já prevejo uma ressaca literária depois que finalmente ler essa história kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooiii Lili. Você vai amar. Realmente é uma obra para ser sentida e não apenas lida. Vai muito além do que estamos esperando. <3 Na torcida para tê-lo em minha estante. Beijoooos.

      Excluir
  2. Oi, Bia!
    Já vi muitos comentários positivos sobre esse livro. Recentemente, li um bem sofrente e ainda estou me recuperando. Então vou anotar sua dica.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por