[RESENHA] A Traidora do Trono, A Rebelde do Deserto, Vol. 2 - Alwyn Hamilton / Editora Seguinte

27 março 2017




A TRAIDORA DO TRONO, A Rebelde do Deserto, vol. 2 - Alwyn Hamilton

Sinopse: Depois de A rebelde do deserto, a melhor atiradora de Miraji está de volta numa continuação repleta de reviravoltas.Amani Al'Hiza mal acreditou quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal nos confins do deserto, montada num cavalo de areia com Jin, um forasteiro misterioso. Em pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser sua própria liberdade: a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que luta para livrar o país inteiro do domínio de um sultão sanguinário. Em meio às perigosas batalhas, Amani é traída quando menos espera e acaba se tornando prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela tenta se aproximar do sultão para descobrir informações úteis para a causa rebelde. Contudo, quanto mais tempo passa ali, mais ela questiona se o governante é de fato o vilão que todos acreditam, e quem são os verdadeiros traidores do país.
❤ SKOOB ❤ AMAZON ❤ COMPARE&COMPRE ❤

PODE CONTER SPOILER DO PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE

Quando Amani fugiu da Vila da Poeira, só tinha um objetivo em mente: Ser livre, mas ela jamais imaginou que se depararia com uma rebelião, onde jovens idealistas têm como meta libertar seu povo das garras de um sultão cruel. Fascinada pela causa, por seu poder recém-descoberto e determinada em fazer mais pelo povo do deserto, A Bandida dos Olhos azuis se torna uma grande aliada da rebelião, deixando de ser apenas uma garota interiorana e se tornando uma grande guerreira. Entretanto quando se está em meio a uma guerra é impossível sair ileso e nem mesmo Amani com sua mira perfeita, fogo nas veias e o deserto ao alcance de suas mãos será poupada.

Uma pequena brecha em sua constante vigilância a levou para longe de todos em quem confiava, a colocando justamente onde mais temia, ainda que estar lá seja algo positivo para a rebelião, se ver sozinha em meio a tantas pessoas misteriosas, cruéis e que a confundem a deixa momentaneamente incerta se irá conseguir. O palácio do sultão é mais perigoso que a própria guerra e para a infelicidade de Amani, ela se tornou sua prisioneira. Mas estamos falando de uma jovem esperta, que pensa rápido, determinada, sagaz e que irá nos surpreender ainda mais. A estadia de Amani no palácio se torna uma verdadeira batalha. Não apenas por ter que esconder quem é, seu passado decide que é uma boa hora de confrontá-la, assim como um sultão ardiloso, astuto, capaz de plantar a semente da dúvida em sua mente.

“O sentimento de que havia algo errado veio tarde demais. Ouvi o clique de duas engrenagens de máquina se acionando juntas. O ruído de peças de metal trabalhando, rodando cada vez mais rápidas, e então tilintando ao se encaixar. Foi o único aviso que tive antes da ilusão desaparecer.”

A TRAIDORA DO TRONO veio para consolidar o talento da autora Alwyn Hamilton. Emocionante, intenso, complexo, audacioso. Essa leitura surpreende pela quantidade de cenários explorados, seres místicos e elementos que tornam a trama viciante e empolgante. A autora não economiza na ação, não teme deixar nossos corações em frangalhos, nossa alma angustiada, muito pelo contrário, tenho para mim que seu intuito é exatamente este, abalar nossa estrutura. Amani se mostra tão forte, madura e cheia de vida, o que mais amo nessa protagonista é que mesmo diante a tentação, mesmo que em determinados momentos fique apreensiva e até com certa pulga atrás da orelha em relação à causa pela qual luta, não se permite fraquejar, segue fiel, firme em seus propósitos e em direção a vitória, ainda que esta se mostre cada vez mais incerta.

"Nos dias dos quais apenas os imortais se lembram, o mundo era imutável. O sol não se punha ou nascia. Não havia marés. Os djinnis não sentiam medo, alegria, pesar ou dor. Nada vivia ou morria. Tudo simplesmente era."

Outro ponto positivo na obra é a forma como a autora cria personagens femininas tão bem representadas. Mulheres estrategistas, firmes em suas escolhas, donas de suas decisões, que vão além de nossas expectativas. Sendo totalmente honesta tudo sobre este livro é grandioso, a escolha dos personagens é meticulosa, cada um tem sua parcela de contribuição e não passa despercebido. Peças preciosas na mão de quem sabe criar um verdadeiro tabuleiro, onde cada jogada é um mistério e o resultado longe de ser solucionado.

Para os grandes fãs do gênero fantasia o romance é algo dispensável no enredo. E apesar de ter pequenos toques e inserção do mesmo em algumas cenas, somos capazes de perceber que ele realmente não é o foco da autora, ficando em segundo plano. Porém, admito que sou parte da porcentagem que ama cenas fofas e melosas, que senti falta da presença do Jin, não me leve a mal, ele aparece e faz total diferença na trama, mas não consigo evitar querer mais do casal e não apenas dos dois indivíduos. Vale ressaltar que esta é uma observação totalmente pessoal e que em nada diminui a grandiosidade da obra ou minimiza o enredo brilhante.

O que mais posso dizer: Tudo se transformou, tomou direções que jamais imaginei e uma nova era me aguarda, tenho certeza.

Pra mim o que faz com a série se sobressaia é o enfoque exato das consequências, crueldade e dor da guerra. Alwyn Hamilton não tenta minimizar os danos, muito pelo contrário ela sempre nos surpreende com as perdas, sacrifícios, morte de inocentes, vitimas de suas crenças e ideologias. Faz com que nos questionemos sobre ambição, generosidade, caprichos, o pensar nos outros, fé, certo e errado. E o que descobrimos ao final da leitura é que cada página valeu a pena, e que amadurecemos um pouco mais, assim como os personagens.


Agora preciso gritar: EDITORA SEGUINTE, QUANDO SAIRÁ A SEQUENCIA? Porque meu coração não irá aguentar. Que final foi esse? Doeu, me deixou estilhaçada, chorosa e ressentida, já imaginando como será dali em diante para certo personagem... (Não posso falar mais que isso devido aos spoilers, mas olha... Haja coração).

Capa maravilhosa, diagramação impecável, tudo neste livro está lindo. Parabéns pelo belo trabalho.


Confira a resenha do primeiro livro da série – A REBELDE DODESERTO


Até a próxima! Bye.

Image and video hosting by TinyPic

2 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Já li o primeiro livro e gostei, apesar de ter achado um pouco confuso.
    Amei a resenha, quero muito ler a sequencia e espero que eu consiga entender melhor.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele realmente nos deixa confusos em alguns momentos. É muito nome, locais diferentes, poderes e por ai vai. kkkkk Mas sempre vale a pena. <3 Beijoooos

      Excluir

© BLOG ATITUDE LITERÁRIA- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por