[RESENHA] O Jogador – Vi Keeland | Editora Charme


O JOGADOR - Vi Keeland


Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar. Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém. Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar. De repente, eu era essa garota. Simples, certo? Vamos encarar, nunca é. Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre... E esta é a nossa.
Não tem jeito, a melhor opção para curar ressaca literária, a melhor opção para nos fazer suspirar e sonhar acordada é sempre o bom e conhecido clichê. E quando esse clichê vem cheio de sensualidade, provocação e protagonistas donos de personalidades fortes o resultado não poderia ser diferente...

Brody é o melhor jogador do super bowl – principal liga de futebol americano dos EUA -, mas não é apenas seu talento que chama atenção, sua presença também. Dono de uma beleza máscula, sorrisos descarados, olhares maliciosos e uma língua afiada, o homem jamais recua diante de um desafio. Mas seu verdadeiro valor está em guardado, Brody esconde um coração generoso, um lado que poucos conhecem e que ele prefere manter só para si. Só que conhecer uma jornalista petulante e jogo duro pode fazer com que algumas convicções sejam alteradas e determinadas barreiras derrubadas.

Delilah Maddox não apenas trabalha como jornalista esportiva, ela ama cada detalhe relacionado a esse mundo. Seu pai foi um dos grandes jogadores da NFL, sua vida foi cercada por grandes atletas e esse mundo não poderia estar mais enraizado em seu sangue. Em um meio onde os homens são a maioria, Delilah precisa provar seu valor a cada dia e trabalhou mais que qualquer pessoa para conseguir o cargo ao qual ocupa. Inteligente, determinada e independente ela está disposta a tudo para provar seu potencial, até mesmo encarar um dos jogadores mais impossíveis e arrogantes de todos os tempos – Brody -, que para completar não esconde sua resistência em aceitar mulheres no vestiário após os jogos, dificultando e muito sua permanência ali.
“Meu coração estava disparado, meu pulso acelerado, como se eu tivesse acabado de correr uma maratona, e cada fio de cabelo da parte de trás do meu pescoço estava de pé por causa da eletricidade correndo entre nós.”
Brody e Delilah são muito mais do que demonstram, mais do que revelam, mais do que se permitem viver. Ambos estão marcados por passados dolorosos, perdas, escolhas, caminhos que de algum forma tiveram obstáculos difíceis de serem ultrapassados, só que também são cheios de determinação, força de vontade e desejo de alcançarem o topo, pelo menos na vida profissional. Quando o assunto é o coração, também agem de maneira parecida, são ariscos, com medo de relacionamentos, cada um por um motivo diferente, que você irá desvendar com o passar das páginas.
"Às vezes, acreditamos nas coisas não porque sabemos que elas são verdadeiras, mas porque as mentiras são mais fáceis de aceitar."
O JOGADOR é o tipo de livro feito para nos deixar apaixonados. Com um enredo leve, sensual, envolvente, diálogos provocantes, divertidos e personagens cativantes, a leitura não poderia ser mais fluida e viciante. De maneira despretensiosa, Vi Keeland deixou seu recado, falou de assuntos relevantes – Drogas, preconceito contra as mulheres no mercado de trabalho, perda, perdão, recomeço -, e de quebra construiu um romance maduro, intenso e puro fogo. Se estou apaixonada por esse casal protagonista? SIM.
“(...) Beijei a testa dela uma última vez e cobri sua mão com a minha. — Você é o algo bom que estou segurando hoje. Eu tenho sorte de ter conhecido alguém a quem foi tão difícil dizer adeus.”
Se você está à procura de uma leitura leve, divertida e rápida, com um toque de drama, com aquela pitada de sensualidade, erotismo e personagens que irão te surpreender, O JOGADOR é a opção perfeita para você.

Não preciso nem falar nada a respeito desta capa, não é? SENSACIONAL. Como sempre a EDITORA CHARME arrasou, diagramação simples e linda, e aquele capricho e qualidade que só as charmosas têm.


Ficha Técnica:
Romance, Romance Erótico | Editora Charme | 2017 | 1º Edição | 304 Páginas | Classificação: 4/5 | SKOOB

Até a próxima! Bye.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Oi Bia, quando peguei esse livro pra ler tava bem procurando um romance mais leve e divertido e inicialmente pensei: é esse, e me encantei logo de cara pelos protagonistas e ai veio o drama e nessa parte a autora puxou meu tapete haha, não tava esperando que houvesse tanto destaque a ponto do drama ganhar ponto de vista, mas isso não quer dizer que não tenha gostado da história, pois gostei muito, só foi inesperado rsr. Ótima resenha, o livro vale a pena e essa capa dele é uma arraso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lili! Vem aqui e me dá um abraço.
      Exatamente isto, eu não consegui colocar em palavras de modo que não estragasse a resenha, sem soltar um spoiler. O que me incomodou na trama e fez com que eu desse 4 estrelas ao invés de 5 foi o DRAMA ganhar voz. Não consegui entender o porque da autora seguir essa linha e foi abrupto, do mesmo modo que iniciou, acabou, foi algo inesperado e até um pouco indispensável.
      Mas a história é ótimaaa e a capa MARAVILHOSA.
      Beijoooos

      Excluir

Back
to top