[RESENHA] Príncipe Partido, Série The Royals, Vol. 2 - Erin Watt | Planeta de Livros Brasil


PRÍNCIPE PARTIDO, Série The Royals, Vol. 2 - Erin Watt

Sinopse: Reed tinha tudo na vida: beleza, status e dinheiro. As garotas da sua escola matariam para sair com ele, os caras queriam ser como ele, mas Reed nunca tinha dado a mínima para nada disso. Nem para a família. Até que Ella Harper apareceu na sua vida. Quando Ella chegou à mansão dos Royal, o que ele mais queria era que a nova hóspede sumisse, mas ela o conquistou e, agora, Reed irá fazer de tudo para mantê-la por perto. Ella lhe dá segurança, lhe transmite paz, o aconchega... sensações que há muito tempo não sentia. Porém Reed comete um deslize e Ella se afasta por completo, trazendo caos à família Royal. Reed vê seu mundo desmoronar e toda a esperança de viver um romance com Ella desaparece. A garota dos sonhos de Reed não quer mais saber dele, porque sabe que se ficarem juntos, isso vai destruí-los. Ella pode estar certa. 'Príncipe partido' é a aguardada continuação de 'Princesa de papel'.
CONTÉM SPOILER DO PRIMEIRO LIVRO – PRINCESA DE PAPEL

É oficial, possuo uma relação de amor e ódio com a autora Erin Watt, definitivamente é impossível desenvolver apenas um tipo de emoção por ela. Depois do final angustiante do primeiro volume da série PRINCESA DE PAPEL, meu coração ficou apertado ansiando pelo próximo livro para que enfim meu sofrimento terminasse. Eis que o bendito chega até minhas mãos – prova antecipada -, e como estou neste momento? Surtando, soltando marimbondos pela boca. Não tenho estrutura emocional para isso não Brasil – QUE FINAL FOI ESTE DONA AUTORA? Mais uma vez a senhora deu conta de me deixar aflita e necessitada por mais.

Iniciando exatamente onde o livro anterior terminou. PRÍNCIPE PARTIDO chega com o império Royal no chão, todo desestruturado e bagunçado. A ausência de Ella causou um verdadeiro rebuliço e a relação familiar que já era frágil agora se tornou praticamente inexistente. Reed está desesperado a procura da amada, louco para conseguir reconquistá-la e trazê-la de volta para casa ao seu lado, só que desta vez ele está sozinho, seus irmãos estão distantes, seu pai aparentemente deixou de se importar e como se tudo isso não bastasse, ainda precisa lidar com a Brooke e a bomba que ela jogou sobre sua cabeça.
“Com Ella, todo o barulho na minha cabeça tinha se acalmado. Agora tudo está desmoronando. Os Royals estão em ruínas, senhoras e senhores. Os gêmeos pararam de falar comigo. Seb deve ter dito algo para Sawyer e agora eles olham para mim como se eu fosse um leproso. East está tentando esquecer sua dor. Gide está zangado com o mundo. E eu? Eu só estou me afogando.”
E para quem pensa que a vida de Ella se tornará mais simples, se enganou. É óbvio o quanto ela se tornou a liga que une essa família, com seu jeitinho independente, língua afiada e vulnerabilidade, conquistou a todos e do mesmo modo que os protege eles querem protegê-la, só que nada está sobre controle e quando pensamos que obteremos algumas respostas, que o emaranhado começará a ser desvendado, mais segredos surgem e aquilo que jamais esperávamos ser possível... acontece.
“Ele me disse para ficar longe. Ele me disse que esse não era o meu lugar. Se ao menos eu tivesse ouvido.”
É difícil falar da trama em si, pois ela é cheia de reviravoltas e qualquer deslize pode comprometer a sua leitura, ou seja, pode se revelar um grande spoiler.

PRÍNCIPE PARTIDO me surpreendeu de diversas maneiras, mas assim como o primeiro livro da série, despertou em mim sentimentos contraditórios e conflitantes, vou do AMOR ao ÓDIO num piscar de olhos, em alguns momentos pensei que iria odiar, que minha fúria seria grande demais e em outros meu coração suspirou apaixonado, desejei ser capaz de entrar nas páginas do livro e consolar, ajudar, apoiar um ou outro personagem. A verdade é que não consigo compreender toda a hostilidade, violência, raiva e inveja contida nas páginas, não tenho um parâmetro de comparação, nunca fui rica, nunca estudei em uma escola onde os alunos vivessem em constante competição e jamais me deparei com tantos conflitos familiares e segredos como os Royals possuem. Sinto-me em outra dimensão, em uma realidade paralela, não que isso seja ruim, muito pelo contrário, é esse toque tão fora da minha realidade que torna a trama tão interessante e assustadora.
“Callum Royal me deu o que minha mãe não pôde me dar: dinheiro, estudo, uma mansão chique onde morar. Uma família. Uma...Uma ilusão.”
Gosto do modo como a autora aborda o romance complicado, com almas quebradas, carregadas de culpas e sofrimento e ao mesmo tento aborda temas relevantes como o estupro, violência, vícios, relações familiares, jogos de poder, corrupção, conflitos adolescentes normais, com jovens que estão se descobrindo, desvendando o mundo, cercados de privilégios e armadilhas. A verdade é que é da natureza humana ser ganancioso e quanto mais poder tem, mais se deseja alcançar, entrando num estado de insatisfação completo, onde nada nunca é o bastante. E é nesse momento que o verdadeiro monstro se revela.
Existe um monte de esqueletos no meu passado que Ella não conhece. Um monte que iria deixa-la absolutamente doente.”
Como mencionei anteriormente é difícil falar sobre essa obra sem soltar spoiler por toda complexidade e teias ao longo do enredo, a SÉRIE THE ROYALS com certeza não é uma leitura para todos os tipos de leitores, ela exige um leitor que gosta de ser desafiado, que gosta de viver emoções conflituosas, que não se importe em odiar e amar na mesma proporção e que esteja disposto a ficar angustiado, porque com certeza você terá que sair da sua zona de conforto.
“(...) — Você sabe que eu faria qualquer coisa por você, não sabe? Qualquer coisa pra proteger você.”
Erin Watt não economiza na crueza das palavras, ela cria personagens com personalidades fortes, particulares e intensas. Situações que fogem do cotidiano, mas com diálogos muito característicos da idade, entretanto ao contrário do primeiro livro da série que trouxe certa previsibilidade, aqui lidamos com o beneficio da dúvida, ficando em suspense sem saber exatamente o que esperar, qual será o próximo passo, ou o que está por vir, o que agregou muito valor ao enredo. Como ponto negativo ainda sigo incomodada com o teor violento, com determinadas situações as quais não concordo principalmente pela pouca idade dos personagens e por não obter respostas e sim mais perguntas, o que me leva a ansiar por uma sequencia muito completa e rica, o que eleva minhas expectativas em relação ao que está por vir, o que pode não ser muito bom, já que quanto mais se espera, mais fácil se decepcionar – o que espero não acontecer.

Enfim, está à procura de uma leitura inquietante, marcante, com personagens que você irá amar mesmo querendo odiar, cheia de reviravoltas e que só lendo para saber realmente do que estou falando? Pois bem, PRÍNCIPE PARTIDO é para você. Mas já vou avisando, se prepare...

A Editora Planeta de Livros arrasou na capa, na diagramação e na rapidez em trazer o segundo volume da série. Agora pelo amor de DEUS, dá para agilizar e trazer o próximo, tipo mês que vêm? SOCORRO.

Ficha Técnica:
Romance | Planeta de Livros Brasil | 2017 | 1º Edição | 352 Páginas | Cortesia | Classificação: 4/5 | SKOOB
Compre aqui:  AMAZON - SARAIVA - CULTURA - TRAVESSA - FOLHA

Até a próxima! Bye.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Bia você bem descreveu como me sinto sobre essa série não tenho: "parâmetro de comparação", acontecem tantas coisas que você não concorda ou nunca viu ou fica na duvida se existe, mas é como você disse, é uma série que desperta muitas emoções, vai do amor ao ódio e eu gosto de histórias que conseguem despertar isso em mim, assim o saldo dos livros pra mim é positivo :) Sobre o livro em si, eu achei a explicação da cena final do livro um meio... sério, é isso mesmo? kkkkk mas é uma continuação cheia de reviravoltas e vale a pena a leitura. Gostei da resenha e que venha o terceiro :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooiii Lili.
      Exatamente... Justamente por ser tão for do normal e despertar tantas emoções diferentes, incomodar, cutucar ele se torna uma boa leitura. O final ainda estou digerindo, estou bem chocada e cheia de teorias, acho que nada ali é o que realmente parecer ser e alguns irmãos ainda irão nos surpreender muito. kkkkkkkkkkkkkkkk Que venha o próximo livro e que ele seja fantástico. Beijoooos

      Excluir

Back
to top