#DESAFIOHISTÓRICOSEEU3 - Andamento do Projeto


Olá, pessoas!

Dá para acreditar que já se passaram seis, ou melhor, quase sete meses desde o lançamento da terceira edição do desafio Históricos e Eu?

Estou muito feliz com a repercussão e com a participação de vocês. E para selar o fato que chegamos a metade deste desafio tão especial, vim aqui recordar com vocês cada uma das minhas escolhas e metas cumpridas até aqui.

METAS:

Ler um romance histórico:
- Que seja uma sequência.
- Com o nome da/do protagonista como título.
- Que seja uma releitura, recontagem ou apresente similaridades com um conto de fadas.
- Que te desafie de alguma forma: Seja pelo número de página, por te tirar da zona de conforto, etc.
- Que você sempre quis ler, mas que segue empacado na estante.
- De uma autora que escreva outros gêneros literários.
- Com menos de 300 páginas.
- Que tenha sido publicado este ano – 2018.
- Que seja livro único.
- De um autor Best-seller.
- Que o título seja apenas uma palavra.
- Ambientado no Brasil.
JANEIRO – PRIMEIRA META | Ler um romance histórico que seja uma releitura, recontagem ou apresente similaridades com um conto de fadas.

Para essa meta eu escolhi o livro UM BEIJO À MEIA-NOITE, da autora Eloisa James, publicado pela Editora Arqueiro. Que leitura maravilhosa! Eloisa James arrasou, apesar de a história ser uma “recontagem”, ou melhor, ser uma inspiração da história da Cinderela, a autora foi muito feliz em construir algo que se assemelha, mas que não se iguala. Ela usou pontos importantes, mas criou algo único, o que deu um toque muito especial para o enredo. Para não entrar em tantos detalhes, direi apenas que a autora trouxe todo um poder feminino, com personagens hilárias, cheias de atitudes e personalidades intrigantes. E claro, o romance. Amei o casal protagonista, a maneira como são opostos, com histórias de vida tão diferentes e ainda assim tão semelhantes. O que ficou ainda mais evidente é que o amor entre eles não se trata de se completar, mas sim de acrescentar e deste modo transbordar.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI


FEVEREIRO – SEGUNDA META | Um romance histórico que seja uma sequência.

Para essa meta escolhi o livro SEDUÇÃO AO AMANHECER, segundo volume da série Os Hathaways, da autora Lisa Kleypas, publicado pela Editora Arqueiro. Que escolha divertida, eu sabia que precisava retomar a leitura desta série e essa meta foi a desculpa perfeita para mergulhar nos braços desta família mais uma vez. O que mais amei em SEDUÇÃO AO AMANHECER é que nada fica sem resposta. Mergulhamos fundo na história de Merripen, conhecendo seu passado, como ele chegou até a família Hathaway, até o desabrochar de seu amor pela jovem Win. Reencontramos a família toda, nos deparamos com relações familiares, recomeços, medos, incertezas, amor para todos os lados, e muita vontade de ser feliz. Os Hathaway estão tentando se reerguer, restaurar sua propriedade, se adaptando ao casamento de Amélia e todas as mudanças que isso acarretou. E poder acompanhar o dia a dia deles, é diversão na certa. Eles estão sempre tomando decisões impulsivas, errando e encontrando amparo, e compreensão uns nos braços dos outros. Se for totalmente honesta, não existe de fato protagonistas ou personagens secundários, pois todos tem voz, se exibem e exigem uma parte de nossa atenção, o que os diferencia é que em determinado livro, a autora foca um pouquinho mais em algum em especial.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI


MARÇO – TERCEIRA META | Um romance histórico que tenha sido publicado este ano, ou seja, em 2018.

Para cumprir essa meta escolhi o livro UMA PROPOSTA E NADA MAIS da autora Mary Balogh, publicado pela Editora Arqueiro. Que livro lindo! É uma leitura arrebatadora e cativante. Com um enredo rico e reflexivo. A obra fala sobre recomeços, se permitir, perdoar, superar e acreditar. Sobre um amor mais real, palpável e racional. É sobre encontrar beleza nas coisas simples, de diferenças que preenchem, dos acasos que mudam completamente a nossa vida. Dizer que AMEI é pouco e nada que eu diga irá fazer jus a obra, por isso te deixou um apelo – LEIA.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI


ABRIL – QUARTA META | Um romance histórico de uma autora que escreva outros gêneros.

Para essa meta escolhi outra obra da minha autora amada Lisa Kleypas, UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO, também publicado pela Editora Arqueiro. UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO é tipo de livro que te leva por uma viagem no tempo e faz brotar as cenas de um filme em sua mente. É o tipo de leitura que te vicia, encanta, te prende do início ao fim e te faz desejar ter muito mais, nada parece o suficiente. Opostos que se encaixam perfeitamente, que se completam, que transbordam. Uma família nada convencional, jovens apaixonantes, cheias de vida e carisma, buscando um pedacinho de felicidade mais que merecida. Emoções, reviravoltas, a certeza de ter sido cativa mais uma vez e a conclusão de uma leitura que já deixou saudades e ansiedade pelo que está por vir.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI


MAIO – QUINTA META | Um romance histórico em que o título tenha apenas uma palavra.

Para cumprir essa meta escolhia um livro muito especial, REBELDE da autora Nora Roberts, publicado pela Harlequin. Estou sem palavras para descrever o quanto esse livro é intenso. Tudo sobre ele é a flor da pele. Cada batalha, cada emoção, cada provocação, cada página. O que mais amo em REBELDE é o plano de fundo trabalhado pela autora, ela não construiu apenas um romance, é uma imersão na cultura, na crise política e econômica da época e isso torna o enredo rico. E em meio a essa busca pela liberdade, por justiça, guerras e batalhas, floresce um amor quase que “proibido”. Serena e Brigham tinham tudo para dar errado e ao mesmo tempo, possuem tudo para dar certo. É uma leitura arrebatadora e viciante. Vocês precisam conhecer.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI


JUNHO – SEXTA META | Um romance histórico com menos de 300 páginas.

Para cumprir essa meta escolhi o livro MAIS FORTE QUE O SOL, da autora Julia Quinn, publicado pela Editora Arqueiro. Ler uma obra de Julia Quinn é sempre uma ótima opção, não tem como errar. Que leitura deliciosa. Envolvente, divertida e viciante, MAIS FORTE QUE O SOL, chega para aquecer e distrair o coração dos seus leitores. Me apaixonei pelos protagonistas nas primeiras páginas, carismáticos e cheios de vida, vivem em realidades diferentes – ela filha de um vigário e ele é um conde -, e agora precisam aprender a conviver e encontrar o equilíbrio para serem felizes. E acompanhar essa jornada em busca do amor é arrepiante. Ellie é perspicaz, atrevida, divertida e sabe muito bem o que quer, não está disposta a se render as regras da aristocracia, e possui um  jeitinho todo particular de resolver as coisas, e apesar de seus talentos e habilidades tem se encontrado em meio a situações complexas e difíceis de se reverter. Charles por outro lado é um jovem tranquilo, minimalista, organizado, que jamais se imaginou preso a uma única mulher, provocador e determinado é dono de um coração generoso e que aos poucos vai se revelando. Juntos eles são uma força da natureza, a química que sentem é palpável e cada toque e beijo a cumplicidade e o amor começa a florescer.

Você pode conferir a resenha completa – AQUI 


Ufa! Conseguimos chegar a metade do desafio e posso dizer que só fiz leituras maravilhosas até agora. Minha ansiedade para o próximo semestre é gigante e apesar de considerar que deixei as metas mais difíceis para ele, estou bem animada e já pensando nas possibilidades de leituras.

E vocês, como está o desenvolvimento do desafio? Estão conseguindo cumprir todas as metas?

Deixem aí nos comentários sugestões de leituras, livros que vocês gostariam de ver no desafio, quem sabe não escolho ele e tendo encaixá-lo em uma das metas.

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários