O Amor nas 4 Estações – Victor Degasperi | Faro Editorial


Um grande presente que recebemos é a capacidade de SENTIR, mas ainda assim o sentir, não recebe a importância de que deveria em nossas vidas. Como humanos somos explosão de sentimentos, mas com a correria do dia a dia, não nos permitimos viver esses sentimentos/emoções como deveriam. E tudo acaba apenas passando... amores passam, ausência se torna suportável, amar ficou banal, hoje amo, amanhã quem sabe... E assim os pequenos detalhes, aqueles que realmente valem a pena, nos escapam por entre os dedos e só nos damos conta, quando já não há mais o que se fazer a respeito. E enquanto duelamos contra nós mesmos a vida apenas continua acontecendo.

É por essa razão que AMO ter em mãos, obras tão sensíveis, cruas, abertas aos sentimentos, ao que a vida tem para oferecer e ensinar. O AMOR NAS 4 ESTAÇÕES é sobre se permitir, sobre se desafiar, falhar, aprender, crescer... É Intensidade, é amor construído e amadurecido ao longo das quatro estações do ano – outono, inverno, primavera e verão -, é o desabrochar de um coração que escolheu sentir. É importante ressaltar que as experiencias aqui apresentadas não se limitam ao amor “romântico”, ele vai além e explora várias vertentes e sempre deixa como lição o poder que temos de recomeçar.

“(...) Não sei que raridade é essa de nos percebermos inteiros sem precisar de uma palavra, mas essa raridade é nossa. Assim construímos a comunhão de sermos o que somos, porque é no breve gesto de se atentar aos mínimos detalhes e emoções que se constrói o que é o amor verdadeiro.”

É fácil nos identificarmos em alguns textos, alguns deixam aquele gostinho de que poderíamos ter escrito, que já passamos por algo semelhante ou até idêntico. E essa veracidade de fatos, cria uma intimida gostosa com a leitura.


Victor nos convida a nos despir, a despir nossos corações do medo, das inseguranças, das dúvidas e apenas mergulharmos no oceano de sentimentos que podemos explorar a cada dia. A vida não é perfeita, mas tudo que passamos nela pode se transforma em aprendizado e combustível para um recomeço. O amanhã sempre pode ser melhor.

Se eu tiver que escolher algumas das minhas crônicas preferidas aqui contidas, escolheria – RENASCER e ESPÍRITO LEVE, porque no momento em que as li, elas fizeram todo sentido e foi difícil não me emocionar e pensar muito sobre elas.

“(...) O passado deixo ser apenas histórias que já tanto contei. Eu as guardarei. Faz parte de quem sou. Mas agora a luz vem da minha frente e é para lá que eu estou indo.”


O AMOR NAS 4 ESTAÇÕES é acolhedor, inspirador e por vezes reflexivo. É o tipo de leitura perfeita para um final de semana fresquinho, ou para ser lido uma crônica por dia, tanto abrindo o seu dia, ou o encerrando. Me fogem as palavras mais corretas para expressar tudo aquilo que senti ao longo da leitura, porque como mencionei anteriormente, é um livro para se SENTIR e a gente só pode ser tocado, se lermos.

“O novo sempre chega para os corações abertos.”

Fica aqui meu convite para que você venha mergulhar nessa leitura e se permitir ser abraçado, aquecido e representado. Aproveite cada momento do seu dia, por mais clichê que isso possa parecer.


A Faro Editorial, deixo aqui meus parabéns. A edição está impecável, existe todo um trabalho gráfico muito bem executado, toda a diagramação está confortável e linda. É muito capricho, é como se cada detalhe misturado com cada escrito trouxesse ainda mais impacto para quem está lendo. Obrigada por esse carinho e cuidado.


O AMOR NAS 4 ESTAÇÕES - Victor Degasperi


Sinopse: Experimentar a vida em sua essência, valorizar cada momento, cada evento, cada cair de chuva, farfalhar de árvores. Sentir a vida, a alma, o infinito... tudo parece utópico e lúdico demais? Mas é um desafio diário de viver cada momento de verdade e com intensidade, e depois disso, tudo passa a valer a pena! Um livro de crônicas sobre a vida e suas nuances, permeando as quatro estações do ano. Mais do que celebrar o amor, o autor nos desafia a a viver um ano inteiro prestando atenção aos detalhes diários que tornam a nossa vida uma grande aventura, e que muitas vezes, deixamos passar. Victor aceitou esse desafio, e durante um ano viu a vida com os olhos de quem quer achar beleza em tudo, e isso mudou a forma como ele enxergou o mundo. E agora ele faz um convite para você viver a própria vida com intensidade, olhar o amor de outra maneira, de fazer uma releitura do nosso coração. Sua proposta é de fazer uma leitura do nosso próprio coração. Este é um convite para viver, em profundidade, as nossas próprias estações. “Quando a felicidade diz que não há nada que você poderia fazer a não ser ir, o coração já pulou. Os grandes momentos das nossas vidas partem de mergulhos corajosos.”
Ficha técnica:
Crônicas | Faro Editorial | 1º Edição | 2018 | 176 Páginas | Cortesia | Classificação: 5/5 | Onde encontrar: SKOOBAMAZONSUBMARINO - AMERICANAS

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários