Escritora de romance e... virgem - Meghan Quinn | Editora Charme


A frase “Não há nada tão ruim que não posso piorar”, fez jus a nossa protagonista. Atrapalhada, desastrada e um tanto quanto maluquinha, Rosie não poderia ser mais divertida e ao mesmo tempo dramática. Formada em letras e dividindo o apartamento com seus dois melhores amigos, tudo o que Rosie deseja é se tornar uma escritora de romance de sucesso, mas não qualquer romance... romances picantes, espelhados nas leituras que ela fez em sua infância, ao pegar os livros de sua mãe. O único problema é que esses livros são de uma época onde as palavras eram floreadas e por mais que Rosie, tente as suas próprias palavras escritas tem saído neste mesmo tom. Educada em casa, ela nunca teve muito contato com outros jovens, portanto existe toda uma inocência, excesso de proteção e nenhuma experiencia. O que dificulta ainda mais a criação de suas cenas. Mas, quem tem amigos tem tudo e Henry e Delaney irão juntar suas forças e conhecimentos para ajudar nossa protagonista em sua jornada, ou melhor, ajuda-la a começar a viver e quem sabe, ter suas próprias experiencias para então poder compartilhar com o mundo.

Rosie é hilária, quando ela entra em cena é impossível não dar muita risada. Ela acabou de se forma e é a única entre seus amigos que ainda não encontrou um bom emprego, ou o emprego dos sonhos, o que significa que ela passa seus dias trabalhando em uma revista especializada em gatos, e não apenas isso, ela precisa conviver com eles, dar comida, limpar a caixinha de areia e até mesmo lidar com um gato que parece ter desenvolvido certa obsessão por ela e seu teclado. Ao mesmo tempo, Rosie está tentando encontrar o amor, viver algo arrebatador, perder a virgindade, o que tem se mostrado cada vez mais difícil. E entre encontros falhos e desastrosos, Rosie irá descobrir que às vezes, tudo o que se precisa está bem ao seu lado, só precisar olhar com carinho e confiar mais em si mesma.

“O amor é engraçado. Vem de formatos e tamanhos diferentes. Às vezes, é difícil encontrar e, às vezes, está sentado bem diante de você, esperando para ser reconhecido. O que aprendi com todos os livros que li e com o que estou escrevendo é que, não importa o que aconteça, você precisa trabalhar para encontrar o amor. Não é dado e nem é instantâneo. É um privilégio encontra-lo e nunca deve ser vivido de forma superficial.”

Amo me deparar com leituras leves e fáceis, principalmente em momentos que preciso intercalar leituras mais intensas, ou apenas esteja buscando diversão. E Escritora de romance e... virgem, entrega isso. Leve, despretensioso e divertido, o enredo prende pela simplicidade e pelas muitas situações surreais as quais a protagonista passa. O ponto alto é a relação de amizade que o trio tem, eles são os responsáveis pelos melhores diálogos, pelas trapalhadas mais malucas e claro, pelo romance doce e tão natural. O único motivo pelo qual não amei a história completamente, é que pra mim a autora focou demais no fato da protagonista desejar ter alguém, colocar a virgindade como uma obsessão, e alguns exageros que acabaram tornando algumas coisas óbvias demais. Porém, esses apontamentos não diminuem toda a experiencia de leitura, que sim... SUPER INDICO, a todos que amam uma boa comédia romântica.


ESCRITORA DE ROMANCE E... VIRGEM - Meghan Quinn

Sinopse: ALERTA: “ESCRITORA DE ROMANCE E... VIRGEM” É UMA COMÉDIA QUE VAI TE FAZER GARGALHAR COMO UMA HIENA EM PÚBLICO. LEIA NO CONFORTO DA SUA CASA. SE VOCÊ É VICIADO EM CLIFFHANGERS, SENTIR O CORAÇÃO SAINDO PELA BOCA E COMO SE UMA ESCAVADEIRA TIVESSE ACABADO DE ABRIR SEU ESTÔMAGO, ENTÃO ESTE LIVRO NÃO É PARA VOCÊ. MAS, SE GOSTA DE FAZER XIXI NA CALÇA E CHORAR DE TANTO RIR, ENTÃO, POR FAVOR, CONTINUE LENDO. Seu peito se elevava a uma velocidade alarmante conforme a mão áspera dele seguia para sua roseira macia, mas volumosa e densa… Pode falar “roseira volumosa” em um romance? E “espada carnuda”? Porque é isso que é… uma espada carnuda, certo? Toda cheia de carne e em formato de espada, abrindo os calabouços internos dos desejos sombrios de uma mulher. E quanto a peito? Ele realmente se eleva? Deus, não faço ideia do que acontece quando partes íntimas se encontram. Sou uma virgem tentando escrever um romance e não consigo criar uma cena de sexo devido à minha falta de experiência. Então, meus dois melhores amigos me encorajam a parar de tentar por enquanto e ir em busca de um pouco de prática na vida real por meio de artimanhas, como encontros às cegas, perfis on-line e saídas casuais. Mas perder a virgindade vai ser mais difícil do que eu esperava…
Ficha técnica:
Chick-Lit, Romance | Editora Charme | 2019 | 1º Edição | 288 Páginas | Cortesia | Classificação: 3/5 | Onde encontrar: SKOOB - AMAZON

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários