Tempo de Regresso – Kristin Hannah | Editora Arqueiro


Irei desistir de me tornar imparcial quando o assunto for Kristin Hannah. A essa altura já me tornei uma leitora ávida por suas obras e estou sempre buscando por mais e mais dela. E sabe por quê? Porque toda vez que pego um livro dela, eu sei que não será apenas mais uma leitura. Eu tenho a certeza que irei chorar, que ela vai apertar vários botões emocionais, que vai arrepiar, angustiar, destroçar, viciar e me fazer ficar apaixonada. E tudo isso vai valer a pena, vai valer cada palavra, cada segundo, porque no final, toda a experiencia se tornou inesquecível, enriquecedora e repleta de aprendizados.

Meghann e Claire nasceram em um lar desestruturado, tendo como mãe uma figura egoísta, egocêntrica, relapsa e alienada, por essa razão, desde muito jovens precisaram lutar por sua própria sobrevivência, Meghann por ser a mais velha, adotou a postura materna e fez de tudo para proteger Claire – sua melhor amiga e a quem muito amou -, até abrir mão de estar com ela. Só que tal sacrifício fez com que um abismo se abrisse entre elas, quebrando a relação linda que elas tinham e criando em seu lugar algo frio e apenas “cordial”, cada uma em seu canto, sem grandes envolvimentos, até que Claire encontra o grande amor da sua vida e decide se casar, despertando em Meghann o instinto protetor de quem conhece muito bem as estatísticas dos divórcios. Porém, duas décadas separadas talvez não dê a Meghann o direito de opinar sobre, ou quem sabe, Claire também já não se importe se ela vai ou não ao seu casamento. A verdade, é que por trás desta relação quebrada, existe muito mais do que nós leitores imaginamos. E entre feridas, cicatrizes e muito amor, seremos transportados para uma história repleta de reviravoltas e muita emoção.

“(...) no entanto, era uma vozinha fina e aguda perdida entre os berros estrondosos do orgulho. A base de sua vida era a certeza de que o amor não durava. Era melhor ser sozinha e forte do que fraca e desolada.”

Uau... Eu amo concluir uma leitura com a sensação de coração preenchido. Questionando vários pontos e decisões dos personagens. Gosto da impressão de ter aprendido, de que não fiz apenas uma leitura, que significou algo mais e Kristin Hannah sempre me passa isso. TEMPO DE REGRESSO é uma história arrebatadora e linda sobre as relações familiares, sobre duas irmãs, duas mulheres que enfrentaram muitas dificuldades para sobreviver. E que em nome do amor que sentiam uma pela outra sacrificaram muito. Meghann é a irmã mais velha, que tomou para si a responsabilidade de proteger Claire quando entendeu que a mãe não se importava com ambas, que precisou fazer uma escolha dolorosa e necessária que significou o afastamento delas. Contra tudo o que pensavam a respeito dela, ela venceu, conseguiu entrar na faculdade, se formou em direito e se tornou a melhor na sua área de atuação. Uma advogada de divórcios temida e insaciável. Mas enquanto sua vida profissional é regada a muito sucesso e conquistas, sua vida pessoal é uma coleção de decepções. Já Claire é o oposto da irmã, uma mulher que mesmo tendo passado por tanta dor, ainda consegue acreditar no amor, vive no interior, gerencia um “resort” e dedica parte do seu tempo a filhinha. Ainda que tenham tido alguém para cuidar dela quando Meghann foi embora, a bagagem com a qual seguiu também era pesada e seguir em frente não foi uma tarefa fácil, mas ela conseguiu e agora está prestes a se casar e confrontar sua irmã mais velha após tantos anos. Esse reencontro promete não apenas reabrir velhas feridas, como também pode significar um passo para a cura e libertação de corações tão feridos. E caros leitores, é essa jornada que vamos acompanhar e não poderia ser mais lindo.



Eu amei! TEMPO DE REGRESSO é um livro sobre mulheres fortes, uma história arrebatadora que trabalha as relações familiares, amizade, perda, perdão, recomeços, segundas-chances. É um livro sobre culpa, sobre as marcas que o passado, as decisões e as escolhas são capazes de deixar e te acompanhar ao longo de cada dia. Eu amo essa capacidade que a Kristin Hannah tem de envolver o leitor, de fazer com que nos identifiquemos com seus personagens, toda sua sensibilidade e sutileza em explorar assuntos densos e entregar muito mais do que esperávamos.

“— Como é que a gente se esqueceu de tanta coisa importante?”

Que leitura maravilhosa... É difícil até de colocar no papel todas as emoções que estou sentindo, todas as reviravoltas, altos e baixos desse relacionamento, e olha que ainda nem mencionei o romance, que foi outro ponto lindo e muito bem trabalhado na trama, presente, porém sem roubar o protagonismo da relação entre irmãs. Aproveitando vou falar também dos personagens secundários e a mensagem linda sobre amizade, sua importância e valor na vida de quem é abençoado por elas. E o humor ácido da nossa protagonista que veio como alívios cômicos em meio a todo o drama. Como devem ter percebido é uma leitura completa e que se tornou muito especial pra mim. Se tiverem a oportunidade, leiam.

Eu sempre indico Kristin Hannah, para leitores que buscam por enredos intensos, que gostem de histórias verossímeis, que façam refletir, questionar, contradizer, repensar, que não tenham medo de serem confrontados e expostos ao longo de cada leitura, pois é o tipo de leitura que explora a natureza humana, o que normalmente julgamos como certo ou errado e moral. A dor quando é no outro tende a ser menor, ou inexistente, e quando a autora dá esse poder de voz para vários personagens que são tão diferentes, mas que estão de certa forma passando por coisas semelhantes, temos a certeza de que cada um sente, enfrenta e vive o problema/dor de maneira própria e nós não deveríamos “julgar”, apontar isso no próximo. Não tem como você saber o que uma pessoa está passando se você não perguntar isso a ela. Nem tudo que parece realmente é. E ainda que essas ultimas frases sejam vistas como frases prontas, de efeito... eu não me importo em ser clichê, se esse for o meio mais fácil de me expressar e fazer você entender que uma bela leitura te espera.



TEMPO DE REGRESSO


Sinopse: Meghann Dontess é uma mulher atormentada pela tristeza e pela solidão, e não consegue lidar com a difícil decisão que tomou na adolescência e que a fez perder tudo, inclusive o amor da irmã. Advogada de sucesso, trabalhando com divórcios, ela não acredita em relacionamentos – até que conhece o único homem capaz de fazê-la mudar de ideia. Claire Cavenaugh está apaixonada pela primeira vez na vida. Conforme seu casamento se aproxima, ela se prepara para encarar a irmã mais velha, sempre tão dura e arrogante. Reunidas após duas décadas, essas duas mulheres que pensam não ter nada em comum vão tentar se tornar algo que nunca foram: uma família. Sensível e divertido, Tempo de regresso fala sobre os erros que cometemos por amor e as dores e as delícias que apenas irmãs podem compartilhar.

Ficha técnica:
Romance, drama | Kristin Hannah | Editora Arqueiro | 2019 | 1º Edição | 336 Páginas | Tradução: Mariana Serpa | Classificação: 5/5 ❤ | Onde encontrar: SKOOBAMAZON  - SUBMARINO - AMERICANAS

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários