Lendo de Cabeça para Baixo – Jo Platt | Fábrica231


Postada originalmente no blog Estante Diagonal, no qual sou resenhista.

Abandonada no dia de seu casamento sem nenhuma explicação ou motivo aparente... Como superar algo tão amargo e cruel? Pois é, é assim que conhecemos Ros Shaw, com a vida pessoal virada de cabeça para baixo, deprimida e um pouco resistente em tentar se reerguer, o que só por aí já seria um grande problema, mas como tudo pode sempre piorar, ela também perde o emprego. Agora ela precisa de uma nova motivação e pode encontrar isso longe da cidade grande, em uma loja de livros usados e antigos, cercada por um grupo nada convencional, mas cheios de amor para dar.

Ros é uma mulher alto astral, ou melhor, era, antes do fatídico dia em que viu seus planos e futuro saírem correndo pela janela. Ela foi humilhada, exposta e isso a marcou tão profundamente a ponto de transformá-la em uma sombra do que um dia foi. Seu comportamento depressivo, desleixado e imprudente tem preocupado sua família, que não consegue se conformar com o tamanho da dor que ela vem enfrentado sozinha, já que faz questão de manter todos longe.

“(...)— É perfeitamente possível fazer uma coisa que, de início, parece totalmente errada, mas que, a longo prazo, acaba sendo o melhor.”

Entretanto, quem tem amigos tem tudo, e um especial está determinado em ajudá-la e apresenta uma solução maravilhosa. Ele tem um amigo que está procurando uma sócia, e acredita que Ros é a pessoa perfeita, ela topa e se muda para o interior, deixando para trás a agitação da cidade grande. Se tornando coproprietária de uma loja de livros usados e antigos, e claro, não podemos nos esquecer do novo membro da família, um porquinho da índia deixado para trás pelos antigos moradores de sua nova casa – Mr. Edward. Porém, sabemos que recomeçar não é fácil e quando um estranho barbudo bate a sua porta, com uma noticia muito triste, as coisas podem voltar a ficar comprometida...

LENDO DE CABEÇA PARA BAIXO, é um chick-lit capaz de arrancar boas risadas de seus leitores. Os diálogos são divertidos, encorpados, o enredo traz uma leveza constante. Não se trata apenas de um livro sobre a protagonista – Ros, todos os demais personagens, conseguem ganhar voz e ajuda a construir todo o clima de romance que flerta com a história inteira. A autora apresenta um humor mais seco, sutil, presente nos detalhes e entrelinhas. E o que mais amei, é que o romance não é o foco principal, temos muito mais evidencia na “recuperação”, nas novas descobertas da protagonista, em como se reinserir no ambiente de trabalho, se abrir para novas amizades, abraçar os velhos, sobre perdoar, sobre família, confiar e voltar a amar.

"Sorri amigavelmente, deleitando-me com sua angustia, sem fazer qualquer tentativa de preencher o prolongado silêncio que se estabeleceu entre nós."

Ros é divertida, atrapalhada, coração mole. Obviamente que ser abandonada da maneira como ela foi mexeu com o seu emocional, e percebemos isso ao longo da leitura, algumas inseguranças, o comportamento um pouco arisco, a pouca autoestima, ela acaba projetando nas pessoas, aquilo que está enraizado no seu próprio coração, como por exemplo o sentimento de pena, que ela insiste em achar que as pessoas sentem por ela. Em contrapartida, ainda temos uma Ros que sabe fazer piada de si mesma, consciente de seus defeitos, que ri de suas loucuras, que age por impulso e que sabe se desculpar. Eu amei acompanhar seu crescimento.

O chick-lit tem essa característica marcante de sempre ter um protagonista mais desastrado, quase que inconsequente, e meio “louquinho”, e aqui não é diferente, porque esse jeitinho de ser é o que aproxima nós leitores dos personagens, é o que os torna mais verossímeis, onde conseguimos identificar um amigo, ou a nós mesmo, ali.


Fica aqui mais essa dica, para quem está buscando uma leitura fluida, leve, divertida, linear, perfeita para uma tarde tranquila e uma boca xícara de café, ou melhor, de chá.

Preciso dizer o quanto AMEI a capa e todo o trabalho editorial feito. Está lindo e impecável, muito coerente com todo o enredo.



LENDO DE CABEÇA PARA BAIXO - Jo Platt


Sinopse: A felicidade parecia estar batendo à porta de Rosalind Shaw naquele que deveria ser o dia mais feliz da vida dela. Abandonada no altar, sem qualquer explicação ou justificativa, a jovem mergulha numa depressão sem fim, daquelas de passar dias e dias largada à frente da TV, sem força para sair do sofá. Até que um dia seu amigo Tom propõe que ela se torne coproprietária de uma loja de livros antigos, numa cidade do interior. Ro aceita a proposta e se torna sócia de Andrew, o reservado amigo de Tom, e conhece novos amigos, capazes de mudar a vida dela para sempre. Uma história leve e divertida sobre sentimentos feridos e mal-entendidos, equívocos e perdões.

Ficha técnica:
Chick-lit | Fábrica231 | 2019 | 1º Edição | 287 Páginas | Cortesia do Blog Amigo | Classificação: 4/5 | Onde encontrar: SKOOB - AMAZON

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários