Romance com o Duque – Tessa Dare | Editora Gutenberg ( #DesafioHistóricoseEu5 – Meta 2 )


Se tem algo que amo encontrar são romances de época espirituosos e cheios de amor pra dar. E Romance com o Duque, é exatamente assim. Com uma protagonista que já amargou poucas e boas, mas que jamais perdeu seu ar sonhador, suas inspirações e vontade de encontrar seu final feliz, e um duque rabugento e muito amargurado, aqui mergulhamos em um romance improvável, atrevido e muito divertido, que irá te proporcionar uma leitura rápida e leve, na medida perfeita para te deixar suspirando e querendo mais.

Izzy tem como habito, enxergar o lado positivo de qualquer situação ou acontecimento, não importa o quão ruim ele pareça de fato ser. Aos vinte e seis anos, por mais que tenha sonhado boa parte da vida com um casamento de contos de fadas, ela começa a acreditar que talvez seu destino seja a solteirice. Ela poderia ficar chateada, mas não gosta de se enganar e sabe que sua beleza é comum, nada que encha os olhos dos pretendentes, e que muitos deles, só a procura por ser filha de quem é... um escritor famoso que conquista mais leitores a cada dia, mesmo após sua morte. Morte essa que arrasou com Izzy que já não tinha mais a mãe. Orfã, sem dinheiro, sem ter onde morar e o que comer, as esperanças desta jovem começam a serem minadas, ainda que ela sinta lá no fundo do seu coração que algo de muito bom ainda vai acontecer.

E não é que ela estava certa! Ou quase isso. Em meio a todo o caos, Izzy recebe a notícia de que herdou uma propriedade, animada e com forças renovadas ela segue em direção ao endereço e ao chegar lá... bem, digamos que o presente pode conter um pequena pegadinha, já que o castelo em questão está em ruinas e está habitado por um duque nada feliz com a intromissão, e que ainda por cima, jura de pé junto que é o único dono do castelo. Obviamente que o caos se instalou, enquanto Izzy se agarra com tudo que pode a seu único fio de um futuro melhor, Ransom, o duque de Rothbury está determinado em expulsá-la de sua propriedade e voltar a viver sua vida solitária.

“Ah, mas este presente não é a mesma coisa que uma doninha. Isto é uma propriedade. Você não entende como isso é raro para uma mulher? A propriedade sempre pertence aos pais, irmãos, maridos e filhos. Nós nunca ficamos com nada.”

Mas engana-se quem pensa que será fácil tirar Izzy de lá, ela não só decide que não irá deixar a propriedade, como também resolve que irá se instalar lá, ou seja, o duque que engula a sua presença, pelo menos até que tudo seja esclarecido. Munida de muita inteligência e determinação, essa jovem irá trabalhar duro em busca daquilo que acredita e aos pouquinhos irá conquistar nossos corações e do duque.


Eu amei Izzy, ela é tão cheia de vida, divertida, com respostas rápidas e inteligentes na ponta da língua, se negando a baixar a cabeça para qualquer um, mesmo que este seja um duque. Ela é muito consciente de tudo que perdeu, da sua situação complicada e das poucas, ou nenhuma, oportunidade que uma órfã teria, por isso se agarra a qualquer gota de esperança com muita vontade. Ela bate o pé, questiona, se impõe e isso é muito divertido de acompanhar. Já Ranson, é um homem amargurado, que está ali naquele castelo por um motivo nada agradável, os meses ali trancado o atribuíram certa severidade, desanimo, rudez, mas ainda assim, ele consegue ser um personagem apaixonante, principalmente porque ao longo da leitura, vamos tendo a oportunidade de vislumbrar o quanto ele é gentil e generoso.

“Ele tinha se aprisionado naquele castelo para apodrecer. Ele tinha cortado todos os laços com o mundo exterior. E bem quando ele pensava ter queimado todas as pontes, essa mulher — essa mulher impossível, doce e tola — apareceu, decidida a atravessar o fosso a nado. A romper suas defesas. A criar um lar. Ficar.”

Eu amei a construção do romance, aqui temos dois elos que são completamente diferentes, que vão se conhecendo, se provocando, se estranhado e se apaixonando imperceptivelmente. Eu gosto de como eles conseguem se enxergar, para além da aparência. Izzy é toda impulsiva, atrevida e espirituosa, já Ransom está sempre carrancudo e incomodado com algo, a presença de Izzy acaba trazendo de volta a luz que faltava tanto no castelo, quanto no duque. Ela vai quebrando suas barreiras, o instigando a sair da sua zona de conforto, e ele por sua vez, acaba a ajudando a criar coragem, a ser quem realmente é.

E além de toda a parte divertida, ainda temos questionamentos que permeiam a história, como: Por que Izzy herdou uma propriedade que já tinha dono? O que levou o duque a se trancafiar naquele castelo em ruinas? E quais segredos rondam os personagens das histórias que deixaram Izzy famosa?

Esse é meu primeiro contato com a escrita da autora e eu não poderia estar mais feliz e satisfeita, terminei a leitura com um quentinho no coração e uma vontade imensa de ler mais e mais de seus romances. Sua narrativa é fluida, leve, viciante e cativante. Gosto de como ela moldou as personalidades de seus personagens, e o pano de fundo para desenvolver todo o enredo, fugindo dos cenários habituais e que já conhecemos.


ROMANCE COM O DUQUE

Sinopse: “Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática.”A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque...
Ficha técnica:
Romance de época | Tessa Dare | Série Castles Ever After, Vol. 1 | Editora Gutenberg | 1º Edição | 2016 | Páginas | Tradução: A C Reis | Classificação: 4/5 | Onde encontrar: SKOOB – AMAZON - SUBMARINO 


Saiba mais sobre o #DesafioHistóricoseEu5 - AQUI

Essa leitura cumpri minha segunda leitura para o desafio, e atende a meta - Que tenha título nobre no nome.

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários