Metamorfose? – Gail Carriger | Editora Valentina

Alexia Tarabotti, ou melhor Alexia Maccon, agora esposa do Conde de Woolsey, desperta de seu sono de uma maneira não muito feliz, antes do horário acostumado e diante dos berros de seu marido, que deveria estar dormindo como um lobisomem normal. O que só pode significar uma coisa, problemas. E Alexia adora um problema que está implorando desesperadamente por uma solução. Ela só não contava que tal situação, viria atrelada a um regimento de soldados lobisomens levantando acampamento em seu jardim. O fato é que a comunidade sobrenatural está enfrentando um dos seus maiores temores, eles estão sendo humanizados, algo os tem neutralizado e com isso os tornando vulneráveis. Determinada a buscar uma resposta e quem sabe um meio de resolver toda esta confusão, Alexia se muni de sua fiel escudeira – sua sombrinha -, e parte rumo a uma investigação alucinante, que irá colocá-la em riscos que ela não esperava e dentro de um dirigível com destino a Escócia. Uma viagem que irá revelar muito mais sobre o passado de seu marido e surpresas que podem comprometer seu futuro.

Caros leitores, se vocês acompanharam a jornada de Alexia em sua primeira aparição em – ALMA? -, devem se recordar de sua língua afiada, humor mordaz e inteligência acima da média. Ela é corajosa, determinada e teimosa. Uma mulher forte, que se faz ouvir e que segue suas próprias orientações. Uma preternatural, que mesmo que não saiba muito sobre sua condição, está sempre buscando meios de usar esse fato sobre si, a seu favor. Não é à toa que ela se tornou Muhjah e agora trabalha para a rainha Victoria. Portanto, é de extrema importância que ela se mantenha atualizada sobre tudo que ocorre na comunidade sobrenatural, e o fato de existir algo neutralizando os sobrenaturais requer sua total atenção. Ela está em busca de resposta e do seu marido que viajou alucinado rumo ao meio do nada, e por isso embarca para a Escócia, para o meio do antigo clã de Conall, e por consequência, descobrindo mais sobre o passado do seu marido, sua família antes da metamorfose e para sua surpresa, sobre si, sobre os preternaturais. O fato é, que nada será fácil, a alcateia não tem Conall em grande estima, e não estão dispostos a colaborar, entretanto Alexia possui seus próprios meios e antes que se deem conta, ela já causou a maior revolução na dinâmica da mesma.

“Lady Maccon se perguntou se tinha agido daquele jeito tão abobalhado diante de Lorde Maccon. Então, lembrou-se que geralmente demonstrava sua paixão por meio de ameaças e farpas verbais. Felicitou-se intimamente por evitar o sentimentalismo.”

E olha que nem mencionei o fato, de que Alexia precisa lidar com o drama da sua melhor amiga que acaba de ficar noiva,  o fato de sua meia-irmã ter sido deixada em sua casa, sem a sua devida autorização e a aparição nada confiável, porém muito oportuna de Madame Lefoux uma inventora brilhante e excêntrica que parece sempre estar presente. Ou seja, mais problemas para alguém que já os tinha em grande quantidade.

METAMORFOSE? Chega consolidando a série e a narrativa da autora Gail Carriger, que consegue com maestria manter o universo que criou, assim como todos os seres que nele habitam e convivem. O mistério segue presente, instigando o leitor a ler avidamente em busca de respostas e quando você as obtém, novas perguntas surgem, o que por si só, já torna a leitura dinâmica e frenética. Voltamos para a história do ponto de partida de onde o livro anterior se encerrou, então passamos a acompanhar Alexia em sua nova vida, agora casada, sendo uma condessa, com um cargo junto ao conselho paralelo da rainha Victoria e ainda mais afiada. Foi interessante descobrir um pouco mais sobre o passado do Conall, e o que o levou a deixar sua antiga alcateia, assim como vislumbrar um pouco mais sobre a própria condição de Alexia, ou seja, sobre os preternaturais que são tão raros. E durante toda a jornada conhecemos novos personagens, nos envolvemos com suas histórias e nos divertimos e nos angustiamos com as situações mais alucinantes possíveis – desde um atentado contra a vida, até uma descoberta inesperada. Toda a história é muito interessante e termina de forma a atiçar ainda mais nossa vontade de continuar acompanhado essa série.

“Embora não tivesse a capacidade pulmonar do marido corpulento, não podia ser incluída na esfera super frágil e delicada do espectro feminino. Os antepassados do pai de Lady Maccon tinham conquistado um império, um dia, e, quando ela gritava, as pessoas se conscientizavam de como eles haviam feito isso.”

Eu gostei muito desta leitura, agora mais familiarizada com os seres, com o universo, com a narrativa da autora, meu aproveitamento da leitura foi incrível. Um ponto que me chamou muita a atenção e que preciso compartilhar com vocês é que amei o quanto os títulos conversam com o enredo, e só fui notar isso agora, ao longo da leitura do segundo livro e já de olho no terceiro. É uma sacada tão inteligente e que faz tanto sentido, que eu precisava comentar.

Fica aqui essa super dica de leitura, para quem está buscando uma leitura diferente, que mescla romance de época, com ação, mistério, steampunk, seres sobrenaturais... tem de um todo aqui. Você se emociona, se diverte, se vicia e se torna uma leitora voraz da autora. E meus agradecimentos a Editora Valentina, por essa edição linda e trabalho carinhoso.

LEIA A RESENHA DO PRIMEIRO LIVRO DA SÉRIE – ALMA?


METAMORFOSE? - Gail Carriger

Sinopse: Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Alexia Maccon, a esposa do Conde de Woolsey, é arrancada do sono cedo demais, no meio da tarde, porque o marido, que deveria estar dormindo como qualquer lobisomem normal, está aos berros. Dali a pouco, ele desaparece – deixando a cargo dela um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada. Mas Lady Maccon conta com sua fiel sombrinha, seus artigos da última moda e seu arsenal de respostas mordazes. Mesmo quando suas investigações a levam à Escócia, o cafundó do Judas onde abundam abomináveis coletes, ela está preparada e acaba provocando uma verdadeira reviravolta na dinâmica da alcateia, como só uma preternatural é capaz de fazer. Talvez até encontre tempo para procurar seu imprevisível marido. Mas apenas se... lhe der vontade.

Ficha técnica:

Steampunk | Gail Carriger | Protetorado da Sombrinha, Vol. 2 | Editora Valentina | 2014 | 2º Edição | 320 páginas | Tradução: Flávia Carneiro Anderson | Cortesia | Classificação: 4.5/5 | Onde encontrar: SKOOBAMAZONLOJA VALENTINA

A série O PROTETORADO DA SOMBRINHA, é composta por cinco livros, sendo eles: Alma?, Metamorfose?, Inocência?, Coração?, Eternidade?, todos já publicados aqui no Brasil, pela Editora Valentina.

Até a próxima! Bye.

Você pode gostar também...

0 comentários